domingo, 17 de junho de 2012

A NAU ENTREVISTA CAPETÃO WOODY (IN)CORRETO!


A NAU (escandalosa e firme): Eeeeeiiiii Sr. Capetão, onde o Sr. pensa que vai?

(IN)CORRETO:
 Navegar entre este povo prá lá de hot?... rsrs


A NAU(sorrindo): Espero que hoje eu consiga entrevistá-lo, o Sr. e sua Sra., da última vez que tentei, estavam tãoooo empolgados em uma festa em sua cabine que, até desisti rs,  ...o Sr. poderia nos presentear com uma imagem (in)correta, de festa tão deliciosa?

(IN)CORRETO:
 Eu adoro muitas imagens, mas algumas realmente fazem a diferença e esta gif de transa sem se importar se alguém vê ou não,... Faz toda a diferença,... 


A NAU: Qual é a sensação de comandar tribulação tão hot?
(IN)CORRETO: A idéia inicial da Nau era ajudar os milhares de pessoas que estão em cima do muro, de uma forma ou de outra, assim nós estivemos um dia, seja emocional ou sexualmente. Decidir que vc gosta disso ou daquilo é uma coisa, assumir é outra bem diferente. Acho que conseguimos ao menos fazermos as pessoas refletirem. Eu me sinto  muito orgulhoso de navegar ao lado de pessoas tão fantásticas que, justamente por serem tão fantásticas, não precisam de líder e sim de um amigo para incentivá-las e aplaudí-las de pé.


A NAU: E como "nasceu" a idéia do Diário de Bordo? Ele hoje é, o mesmo vislumbrado a princípio ou foi mudando a idéia original?
(IN)CORRETO: Mudou sim. Mas mudou pq era preciso mudar, houve uma primeira fase, ela evoluiu e a sensação que eu tenho hoje, é que não mais parará de evoluir. Alguns amigos tem “sede” de postar na nau e isso me orgulha viu!

A NAU (curiosíssima): Se "eu" tivesse um nome, qual seria para você
? Esperança,... Pq sem esperança e fé ninguém vai a lugar nenhum.


A NAU (rindo): Quantas kkkk já seguraram no leme do Capetão?
 
(IN)CORRETO: Ixi, abafa o caso,...rsrs


A NAU (amiga): O que é "ser (in)correto para você? Há quanto tempo o (blogueiro) (in)correto existe?
(IN)CORRETO: Bom, antes do IN havia o poesias profanas, era um blog tímido onde muitos dos meus ídolos da época hoje são amigos do peito. O nome nasceu de um trocadilho (adoro eles), uma alusão contrária ao “politicamente correto”, que eu destesto, isso não existe. Daí, em sinal de protesto, nasceu o Eroticamente Incorreto. Entre ambos os blogs eu creio que já passa de três anos. Também vale citar que ser “In_Correto”, para mim, é acima de tudo um estilo de vida, não gosto de receitas e rótulos, adoro o improviso e saborear o momento. Sempre fui assim.


A NAU: Nos conte em poucas palavras como o Diário de Bordo, sem pretensão, mexe com opiniões, influência e ajuda leitores, através da sexualidade e experiências de seus escritores.
(IN)CORRETO: Eu acho que a curiosidade, a procura de informações faz com que muitos acabem navegando conosco, pois oferecemos, com bom humor e pimenta, aquilo que nas enciclopédias ainda é tratado como pecado ou assuntos proibidos. Simples assim.


A NAU (em êxtase): Se você pudesse trazer um célebre escritor, seja da literatura brasileira ou mundial, para navegar conosco, quem você traria e porque?
(IN)CORRETO: Drummond. Pelo simples fato que ele pronuncia “puta” como quem pronuncia “amor” e eu acho isso fantástico. Amamos as putas, elas nos amam. Que mal há nisso?


A NAU (lambendo os lábios-se os tivesse rsrs): Recomente um post SEU, postado aqui, o que mais tenha gostado e explique o porque, dele ser o post escolhido.
(IN)CORRETO: Bom, em função da pergunta eu constatei que fiz 30 posts na Nau. O Bem-vindo a bordo é como a Du Loren,... rsrs – A gente nunca esquece.


A NAU: Gosta do mar mesmo, ele faz parte do seu "universo sexual", suas fantasias e fetiches mesmo ou.....
(IN)CORRETO: Eu não sei nadar. O Diário de Bordo foi uma alusão a gaveta interior de cada um, ao não mostrado “ainda”, ao secreto, porém desvendável. Navegar em equipe, tipos assumidamente diferentes comungando em paz, harmonia e tesão,... Acho que tinha mesmo que ser um grande e imaginário barco a deriva,...

A NAU (hummm): Praia?

(IN)CORRETO:
 Prefiro a serra,... rsrs


A NAU (feliz): Querendo que você nos presentea-se com um post de um dos escritores da Nau e disse-se  porque é o post "mais mais" de fulano,  sem saber como escolher um, porque esta Nau é apaixonada por todos rs, como se estivesse fazendo um "amigo secreto" mesmo, pediu para um tripulante anônimo, escrever todos os nomes em papélzinhos, amassá-los e tirar um.... E é esse um rs que você vai citar, o post que você mais gosta, dele aqui, e o porque rs...
(IN)CORRETO: O DD foi e é um grande oficial. Bom humor, textos que são nitroglicerina pura, jogo de cintura e tem ao lado uma grande mulher. Admiro-o como ser humano.
O Post que eu mais curti do nosso amigo Oficial chama-se Destino I e Destino (Parte II)

A NAU (não querendo que isso jamais aconteça): Faça-mos de conta que eu, a Nau hot hot hot, como vocês dizem... No meio de uma festa daquelas aff... Marujos ao mar... Você tem a oportunidade de escrever em uma garrafa uma carta... ESCREVA! Agora rsrs....
(IN)CORRETO: Seria só uma frase: Um dia de cada vez. E no fim você verá que valeu a pena!


A NAU: E NO PRÓXIMO DOMINGO MEUS AMIGOS, EU, MEUS OITO TRIPULANTES E OS FANTASMAS CAMARADAS, SAIREMOS À PROCURA DE LADY SIRI MEL, sumida daqui essa danada, percorreremos por todos os 7 mares à procura da Lady, só descansaremos quando à encontrarmos, se for preciso "shibari", para trazê-la a bordo faremos rs, E ELA SERÁ ENTREVISTADA! MUITO OBRIGADO CAPETÃO... PARA FINALIZAR, se despeça fazendo um MINI-CONTO DE SUA ÚLTIMA TREPADA P/ PARTIRMOS FELIZES, mas, tem que ser da última viu....

Bom, as trepadas que realmente estão valendo a pena contar são virtuais por enquanto, e todas com minha Ana (Safada e Morena),...rsrs. Inclusive cabe citar que envianos mosso primeiro ensaio ao PD e creio que em breve vai estar lá. Vou reeditar nosso ultimo post juntos. Espero que gostem.

COVARDE? EU?

Estávamos nos preparando para sair quando o telefone toca novamente, Eu atendi e era Lídia, com a voz nitidamente abalada, pedindo para falar com minha Morena.
Lídia explicou à ela que ocorrera um problema de saúde com sua mãe, que morava no interior e que ambos, ela e Márcio, estavam indo para lá, para ver se era grave ou não. Portanto, nosso almoço e a conseqüente tarde a quatro, teria que ser adiada.
Ainda ouvi minha Morena desejando melhoras para a mãe de Lídia e aconselhando-os a viajarem com cuidado em virtude da precária condição das estradas.
Bem, arrumados para sairmos já estávamos, então não havia por que ficar em casa, podíamos tranquilamente achar um restaurantezinho discreto, com uma boa comida caseira e rodarmos um pouco pela cidade. Essa era a idéia.
Na estrada que saia da cidade, relativamente perto de nossa casa, havia a Casa da Nona, um restaurante aconchegante, de comida italiana, num dos cantos uma lareira que as vezes estava acesa e o centro das atenções era um grande fogão a lenha bem no meio do restaurante, onde os clientes podiam sempre achar uma sopa de capeletti ou ravióli quentinha para a entrada das refeições. O vinho era de altíssima qualidade, na grande maioria, rótulos da serra gaúcha, mas também havia vinhos europeus, chilenos e argentinos, numa adega de agradar qualquer eno chato que porventura resolvesse testar a eficiência da casa.
Era perfeito para aquele domingo. Ironicamente ou não, pedimos Bruschetta, nhoque ao sugo e penne com abobrinha, mussarela e tomate, uma garrafa de riesling e pronto. Era só ir para o sacrifício,...rsrs
Em meio ao almoço, no qual pouco falávamos, minha Morena diz a queima-roupa:
--- Você é um covarde. Sabia!
--- Como assim? Perguntei meio que sem entender o por que daquela afirmativa.
--- Você nunca me comeu em público. Tudo o que fazemos é entre quatro paredes. E sorriu para si, pois sabia como era fácil dela mexer com minha auto estima.
Eu meneei a cabeça, sorri e continuei comendo. Ela passa um de seus pés pela minha perna sob a mesa e vai subindo até alcançar meu pau e, acreditem: Ela realmente parece ter uma chavezinha de on/off que o liga quando bem entende. Nunca ninguém fez isso com a facilidade que ela faz.
 Fito-a e ela passa lentamente a taça de vinho pelos lábios, numa cena extremamente excitante e provocativa. Eu sabia que tinha que fazer algo, e logo. Sempre entendi os sinais da minha fêmea e não seria desta vez que eu a decepcionaria.  
Entramos em casa brincando e dizendo besteirinhas. Minha Morena passou a mão sobre minhas calças e perguntou o que eu tinha achado da Lídia.
Respondi rindo que ela devia saber, afinal, também tinha provado aquela ruiva.
Ela deu um sorriso gostoso, daqueles de quem comeu e se lambuzou. O papo esquentou rapidamente, não precisava de muito combustível para incendiá-la.
Percebi seus mamilos durinhos e arrisquei beliscar um. Ela gemeu gostoso.
Peguei minha morena  pelos cabelos e a puxei feito uma cadelinha, até ficarmos defronte da janela da cozinha. Ali eu forcei sua cabeça para baixo. Ela, lentamente foi se ajoelhando e quando seus olhos estavam mirando meu zipper, eu disse:
--- Abre minha puta. Olha como você me deixa!
Ela atendeu e ao abrir, meu pau saltou quase batendo no seu rosto. Minha morena, antes de abocanhá-lo ainda fez menção de falar algo e mostrou a janela aberta.
--- Não queria se mostrar safada. Agora chupa gostoso.
E ela chupou, sugou, sorveu, engoliu, babou, lambeu e parecia, a cada segundo, mais excitada com aquilo. Devia estar se sentindo uma putinha safada mesmo.
Eu acariciava seus seios e seus cabelos. Quando estava prestes a gozar, decidi que ainda não era o momento.
--- Vem aqui agora, que hoje eu vou comer o teu cuzinho na frente da janela.
--- Mas amor,.... Balbuciou minha Morena, enquanto se ajeitava para receber meu pau naquele buraquinho que eu amo tanto.
Soquei gostoso e sem dó. Agora, de boca livre ela começou a me xingar.
--- Seu veado. Você vai me difamar.
--- Calma cadelinha. Mexe gostoso para o teu macho. Você gosta que eu sei!
--- Mas aqui tarado? Tinha que ser justo aqui?
--- Não sou covarde? Agora agüenta minha cadelinha.
--- Safado. Você me paga seu fdp,...
--- Mexe que eu vou gozar minha puta. Mexe gostoso vai.
E eu gozei. Parecia que a dias não gozava, tamanha a excitação.
Eu me deitei ali, no chão mesmo e puxei a bucetinha da minha morena para perto da minha boca.
--- Me cavalga putinha flex. Vou te chupar gostoso.
--- Sentar na sua cara pra mim é mais que um prazer, é meu paraíso particular... Adoro me esfregar na sua cara, me excita muito... (palavras da minha Morena).
E eu a chupei gostoso, como uma mulher merece ser chupada. Enquanto sentia minha língua ela podia ver as pessoas passando na rua debaixo da nossa e isso aumentou a excitação e foi assim que ela gozou. Feito uma felina no cio.
Claro que em meio a isto tudo, meu pau novamente estava querendo ser feliz né. Mesmo ela tendo gozado ainda me presenteou com outra chupada gostosa e eu sequer parei. Continuei dando o merecido prazer à esta Morena que me ensinou os atalhos da felicidade.
Espero que semana que vem Lídia e Marcio tenham voltado. Preciso urgentemente comer aquela bucetinha ruiva.

Até breve.


Cabe citar que o carinho do Mansinho e de todos os amigos que fiz aqui ou cuja amizades sedimentei, é para mim, combustível e certeza. Combustível que mantém acesa a chama de "ousar e arriscar" e certeza, de que tendo-se amigos, nada jamais será inalcançável.
Bjos e abraços no coração de cada um de vocês que navegaram ou navegam comigo!


((Capetão Woody In-correto da Silva, Sr. Da Linda Ana Mariah, Guri Lobo dos 7 mares tem o Blog 
http://eroticamenteincorreto.blogspot.com/ e escreve todas as segundas, aqui, no Diário de Bordo))


9 comentários:

SexyButterfly disse...

A-DO-REI essa entrevista!!!

A idéia do Fantasma foi ótima! Relembrar os primórdios do DB... a chacoalhada geral que essa Nau provocou na blogosfera...Muito, muito bom!

Agradeço ao Capetão pela "parte que me toca" da mulher maravilhosa ao lado de DD...rss

beijos borboléticos!
Que a caça á nossa querida Lady tenha início para a próxima!

Derek Dick disse...

Excelente entrevista!!!!

Adorei!!!

Simplesmente amo essa Nau e todos os seus tripulantes!!!!

Mal posso esperar pela próxima entrevista!

DD

{Mansinho}_da Loirinha disse...

Falar do que gostei mais... IMPOSSÍVEL! Você sabe que te admiro como ser humano, in-correto, artista e Capetão... Grande abraço Nostro amigo e Parabéns para nossa querida Nau por Capetão tão incrível!!!! Beijos e Abçs Quádruplos Ana & In, nostros amigos e Inté....

• Eva Correia disse...

'Como é bom vislumbrar esse homem In_Correto de uma forma que nunca havia imaginado antes, sabia que a "essas ondas" causaram uma euforia única por onde passou, existem aqueles que se encontraram em ilhas, outros preferiram esconder-se, outros vão ser resgatados... Mas nada se compara a emoções que foram, serão e daqui em diante é !!
Eu como recente tripulante, digo quero mais histórias assim.

Bom dia e Beijos In_surprese em voces!!

LadySiri disse...

Esse é o nosso Capetão!!! Sempre! A próxima sou eu então? Ai ai viu...então vão ter que amarrar no mastro de novo...pra relembrar os velhos tempos...só assim eu confesso tudo kkkkkkkk

Ow saudade de vocês todos viu!

Beijooooooo

{princess kitty}龍戦士 disse...

Miauuuu!!!

Muito legal conhecer um pouco mais do Capetão por trás do leme :D

Adorei a entrevista e o conto ;)

Aguardando a da Lady Siri!

Miaubeijos com muito carinho =^.^=

maria{SS} disse...

jornalista gata de primeira!!! parabéns!
beijo

! DIÁRIO DE BORDO ! disse...

A NAU (tendo múltiplos orgasmos): MUITO OBRIGADA SexyButterfly, Derek Dick, {Mansinho}_da {Loirinha}_do Wolvie, Eva Correia, LadySiri (nós vamos te pegar hummmmm), {princess kitty}龍戦士 e maria{SS}.... na próxima entrevista com o Capetão, chamo todos vocês, para verem, ouvirem e perguntarem para ser In-correto tão único... Beijos desta Nau que não vive sem vocês!

Eroticamente (In) Correto disse...

Agradecendo todos os amigos que passaram por aqui para "bisbilhotar" um cadinho mais da vida do IN_.

Abs. cambadigentilegal!