segunda-feira, 7 de maio de 2012

Brincadeirinha entre Amigos



Adriana sempre adorou estar rodeadas de amigos, participava de tudo que acontecia, era uma pessoa alegre, divetida, de bem com a vida. Ja havia se formado mas, as turmas seguintes tambem eram seus amigos, logo ela tambem participava de tudo, as festas, churrascos, viagens, enfim....

Num belissimo final de semana foi com os futuros formandos para um rancho a beira de porto em uma cidadeinha vizinha, o dia estava maravilhoso, céu azul, muito sol, galera animada. Ao chegar todos deram um jeitinho de se ajeitar em algum cantinho e bóra pra farra, musica alta, churrasqueira a todo vapor, cerveja estupidamente gelada, muitas brincadeiras, risadas e tudo mais que existe de bom quando se esta no meio de pessoas amigas.

Todas as meninas tinha o seu escolhido, menos ela. Existia um rapaz timido, que embora participasse de tudo, ficava sempre na dele, quietinho, ajudando com alguma coisa, era um rapaz bonito, educado, de sorriso largo, e dessa vez ele havia ficado na churrasqueira. Adriana então sentou-se ao seu lado e enquanto ele providenciava o churrasco, eles conversavam e bebericavam. Ela sempre sorridente, ele tbem, contavam uma coisa ou outra sobre suas vidas, e o dia foi passando.

A galera estava meio surpresa em ver aquele rapaz timido, se soltando, conversando e sorrindo ao lado daquela mulher. De repente resolveram dançar, e mais que depressa Adriana puxou seu novo amigo pra dançar com ela, ele nao recusou, encarou na boa e foram pro meio da varanda dançar, o pessoal estava amando ver tudo aquilo e todos brincavam e dançavam cheios de alegria. No meio da dança os corpo de Adriana e seu amigo se tocavam, ela sempre muito sensual, enroscava seus braços em seu pescoço e fazia uma dança qualquer só pra ele, que a essa altura ja estava encantado por aquela mulher, tão cheia de energia, se abraçavam, olhavam nos olhos, sorriam, e o clima de sedução começou a fazer parte de tudo aquilo.

Já passava da 13h quando adentra ao rancho, uma bela moto, daquelas que chamam atenção por onde passa, Adriana não sabia de quem se tratava e ficou bastante curiosa, assim que o motoqueiro tirou o capacete pode perceber que era um homem bem mais velho, porte atletico, uma postura mais séria, logo o apresentaram a ela, era um novo professor da faculdade, tbem dono do rancho, este ela nao conhecia, nao havia tido aulas com ele. Rapidamente ele se colocou entre ela e seu amigo timido e passaram a conversar os tres, a sintonia foi imediata, e o clima que antes estava bastante sensual, agora pegava fogo.  E assim foi durante toda tarde e noite adentro.

Quando a maioria ja havia ido dormir, Adriana foi para banho, ao sair deu de cara com o professor, que sem medir as palavras a convidou para seu quarto o qual estaria sozinho. No quarto eles então se agarraram, e se beijavam esfomeados, toda aquela conversa havia deixado ambos com um tesão enorme, ele arracou-lhe o vestido, a jogou na cama e abocanhou sua buceta que ja estava completamente umida, sugava com força, enfiava a lingua com maestria, nao demorou pra ela explodir num gozo alucinado.



Ele abre sua bermuda e seu pau salta pra fora pulsando, ela senta na cama e abocanha o caralho do professor, chupa com vontade, ele geme alto, nesse momento a porta do quarto se abre e surgi seu amigo timido, que entra, fecha a porta e senta-se ao lado dois dois, eles se paralizam por algum tempo mas, ela entende e volta a chupar o professor, percebe que seu amigo se despi e começa a punhetar, aquilo a deixa alucinada, o amigo era ainda mais dotado que o professor e ela ja o queria em sua boca tambem, o chama pra perto, ela então pega os dois caralhos e passa a alternar suas lambidas, sugadas, eles gemem alto e gostoso, sem se importa se alguem possa estar ouvindo.



Ela coloca seu amigo deitado e senta em seu pau, cavalga gostoso mas, de costas pra ele pois, continuar a chupar o professor, quer leitinho em sua boca, o que nao demora acontecer, sente o jato forte em sua garganta e se delicia com isso. Vira de frente pro amigo, se encaixa novamente, e fica com o cuzinho bem abertinho para o professor a lamber, ela e o amigo gozam juntos.



Mas ela nao tem sossego, logo começa a mexer novamente com os dois que rapidinho estao com seus caralhos rijos novamente, ela diz que quer os dois, o professor se deita e ela o monta, começam a bobar, seu amigo encaixa sem dó no seu cuzinho, ela da um grito, nao havia feito aquilo antes, mas era uma sensação deliciosa, mandava que eles metessem forte, bombasse, e assim ficaram por um bom tempo, ela parecia insaciavel queria mais, e mais, e eles davam tudo o que ela pedia, ela gozou diversas vezes, eles tambem, até que ambos cairam acabados na cama e dormiram agarradinhos



No outro dia agiram como se nada tivesse acontecido, e os demais nao se atreveram a perguntar, tiveram um domingo ainda  mais gostoso, com aquele sorriso sacana no rosto, cumplices de uma noite de muito prazer.




Uma semana cheia de tesão pra Todos Nós

Beijo gostoso

Deh


2 comentários:

ღ Míìh..ღ disse...

Eita sacanagem...digo brincadeira gostosa...

hummmmm!!

Beijos meus

Ayesk@_Ursinh@ disse...

rsrs
Que Adriana gulosa!!!rsrs

E muito safadinha!!!


Bjs doces de chocolate para voce Dehzinha e apesar de terça-feira, uma excelente semana para todos nós!!!:)


Ayesk@