segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

In, Ana e as Visitas,...


Eles começaram a conversar numa rede social. A princípio todo desejo era velado e poucas, porém apimentadas brincadeiras, tornavam aquela amizade a quatro algo a cada dia mais caliente e desejosa.
Ana e In a muito desejavam um momento real, algo concreto e com todo o ritual de sensualidade a flor da pele que tanto haviam idealizado juntos. O casal de amigos, apesar de nunca entrarem diretamente no assunto, também não fugiam pela tangente quanto o tema era sexo.
Este jogo de envolvimento e sedução já durava alguns meses e as liberdades entre aqueles quatro protagonistas crescia de uma forma natural e inenarrável. Houve momentos em que apenas falavam sobre amenidades e outros, em que se dispunham a transar na frente da cam, para que o outro casal apreciasse e imaginasse o que estava por vir. Esta reciprocidade os embriagava feito uma bebida leve porém viciante.
Período de férias, filhos devidamente encaminhados para aproveitarem o período do ano que tanto esperavam,... “O merecido descanso”.
In e Ana receberiam o casal amigo. Estava decidido e acordado entre todos e não haveriam regras, tudo seria permitido desde que o momento assim proclamasse.
Quatro corações batiam mais forte e descompassadamente, oito mãos suavam frio, quatro pares de pernas bambeavam ante o desejado, porém ainda desconhecido momento de luxúria que tanto sonharam.
Enquanto dirigiam-se para o aeroporto, afim de recepcionar os amigos, In e Ana entreolhavam-se, sorrisos brotavam, o nervosismo era inegável, mas a ansiedade e o desejo latente, feito perfume, impregnava-se em suas peles, seus pensamentos. Os últimos anos passaram feito um filme mudo na cabeça de ambos. Cada momento, cada sonho, cada desejo. As noites que fantasiaram e sussurraram a presença de mais pessoas em sua cama e isto provocara orgasmos fantásticos e loucos.
Agora, em poucos minutos, tudo seria possível. Tudo seria real. Era um sonho que foi construído em cada minúcia, cada detalhe, cada nuance.
Este momento e tudo o que estava por vir, ninguém jamais roubaria de suas memórias.
Tudo o que se seguiu durante e após este primeiro encontro daria um livro. Um bom livro de vida, ousadia e tesão. Tudo com muita cumplicidade e amor. E com certeza, ainda será contado neste blog. Basta que você tenha interesse, curiosidade e coragem para continuar lendo esta história de vida que continua sendo escrita todos os dias.

7 comentários:

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Eu admiro a ousadia de fazer cumprir os mais secretos e luxuriantes desejos, talvez algum dia a minha luxuria passe por estes mesmos caminhos, entretanto ela teima, insiste, persiste em ir por um rio paralelo de luxúrias não menos ousadas, mas na verdade o que nos identifica é exatamente isto, ousar. Talvez um dia, quando as minhas já estiverem satisfeitas eu deseje as mesmas das tuas...

Beijos em ti, desta guria que te gosta a cada dia mais!

ღ Míìh..ღ disse...

Uauuu!!
Que deliciosa experiência.

Beijos

LÁBIOS DE ANA (MARIAH) disse...

É a maneira mais gostosa de realizar nossas fantasias...amei muito tudo isso! Bjinhos

EU SOU NEGUINHA disse...

owwww...tem coisa melhor que a cumplicidade a partilhar todos nossos desejos???
Beijos em vcs

Derek Dick disse...

Capetão....agora nos deixou com uma curiosidade infinita....rsrs

Aguardo ansioso para ler o dia-a-dia dessas aventuras deliciosas de In e Ana...

Eros e suas experiências. disse...

Hummmmmm isso que realmente vale, fazer acontecer.


Beijos carinhosos

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

O que posso dizer...?
Cumplicidade!!!
Isso que voces dois...In e Ana me passam!
E acho algo fascinante, quando o casal se aventura a viver seus desejos, suas fantasias, em comum acordo...com toda ousadia e tesão...e com toda essa Cumplicidade!

E curiosaaaa por mais!!rs

Bjs doces carinhosos aos dois!



Ayesk@Ursinh@