domingo, 8 de abril de 2012

Serviço de Quarto (por Derek Dick)

Derek havia viajado a trabalho para Recife. A semana tinha passado voando e como era sua última noite na cidade, ele tinha decidido aproveitá-la num barzinho à beira-mar.

Acabou chamando atenção de uma morena que tomava um chopp com uma amiga na mesa ao lado. Não demorou e Derek tinha se mudado para a mesa delas.
A morena estava animada e aceitou ir para o hotel onde Derek estava hospedado.
Já era tarde e ninguém reparou quando os dois subiram. Transaram gostosamente durante madrugada adentro até adormecerem.

No dia seguinte a camareira entrou no apartamento para arrumá-lo. Imaginou estar vazio já que não havia nenhum aviso na porta e o silêncio reinava.

Começou sua tarefa e logo se deparou com a porta do quarto entreaberta e viu a cena: dois corpos nus sobre a cama.


Pensou em sair, mas algo a fez mudar de idéia. Aproximou-se da porta, indo  espiar. Fixando o olhar pelo quarto meio-escuro, percebeu primeiro a mulher  que está deitada de costas. A camareira pôde ver seus lindos seios. Desceu o olhar pelo corpo nu até chegar as coxas e ver a bucetinha lisa.
Em seguida se dedicou ao homem. Este estava de bruços, mas pôde ver suas costas fortes e um bumbum redondo que lhe dava vontade de apertar.

Sentiu fortes ondas de excitação percorrendo seu corpo. Sentiu sua calcinha molhar. Estava de saia, o que facilitou que sua mão passasse a massagear sua xana por cima da calcinha melada.

Ela apertava com a outra mão seus seios. Aumentou o ritmo. Sua respiração ficou ofegante. Fechou os olhos.
Quando estava gozando, seus olhos entreabertos perceberam que os do hóspede agora também estavam abertos e olhando para ela.
Se assustou...quase gritou...mas o hóspede lhe fez um sinal deixando a entender que acordaria a mulher que estava com ele.

Derek levantou da cama e caminhou em direção a porta ainda pedindo silêncio.
Fechou a porta do quarto e só então se lembrou que estava nu.
- Meu nome é Derek. 

A camareira sorriu notando o pau dele se levantando em sua direção e ajoelhou-se dizendo:

- Derek, você sabe que não poderia ter trazido essa moça pra sua suíte, não sabe? Você pode ter problemas sérios com a gerência. Mas eu não tenho intenção de prejudicá-lo...pelo contrário! Minha prioridade é fazer os hóspedes se sentirem bem atendidos.

Engoliu o pau inteiro com vontade, chupando e lambendo todinho.
Quando estava já bem babado, fez com que Derek sentasse no sofá e levantando a saia encaixou sua xoxota melada e começou a cavalgá-lo.

Ela foi sentindo o gozo crescendo dentro de si, à medida que acelerava a os movimentos e começou a gemer mais alto.

Derek tampou-lhe a boca com uma das mãos, lembrando que sua amiga dormia no quarto ao lado. Mas ao mesmo tempo ele começou a estocá-la bem fundo ajudando com que o gozo da camareira explodisse forte mas contido na sua mão.

Movimentaram-se e a camareira ficou de quatro no sofá enquanto Derek a comia por trás.
Levantou a saia para que pudesse ver melhor a bunda dela enquanto a fodia com força. O sofá se movimentava do chão a cada nova metida.

Os dois gemiam alto, não agüentavam mais se conter e Derek percebeu que sua amiga havia acordado e agora espiava pela fresta da porta do quarto e se masturbava.

Não falou nada para a camareira, que não percebeu. Isso o excitou muito e logo gozou . Esporrou sobre a bunda da camareira.
Largaram-se no sofá, e só nesse momento a camareira percebeu que a amiga de Derek estava acordada e também gozava.

Rapidamente puxou a calcinha para cima e saiu correndo do quarto, dizendo:
- Não deixem de preencher o questionário de satisfação dos clientes, que está sobre a mesa!

3 comentários:

Sorry i cant fly... disse...

O questionário certamente será muito bem preenchido considerando o ótimo atendimento...rs
Adoro seus devaneios DD ;)
Bjlhões.

{princess kitty}龍戦士 disse...

Ahhhh eu adoro esse conto desde a primeira vez que li ;)
Adoro o "questionário" ao final rsrs

Miaubeijokas querido =^.^=

Eroticamente (In) Correto disse...

Questionário?
Que questionário?
Onde?
Esses Oficiais da Nau aprontam cada uma,...
rsrs


Abs. DD