sábado, 21 de abril de 2012

Uma submissa atípica...

   Quando uma pessoa pensa em uma mulher submissa, normalmente pensa que ela seja fraca, muitas, a maioria até pode ser, mas esta não é uma regra, ao contrário.   Acho que existe uma confusão de interpretação, ser submissa por escolha não significa ser fraca, ainda mais se estivermos falando de BDSM.   Para se submeter ao conceito de entrega às vontades de um Dono é preciso ter personalidade forte para não sucumbir.
  
   Fora deste contexto as submissas do SM geralmente são mulheres fortes, que tomam decisões, que geralmente estão à frente de alguma posição em que se vêm como líder, pode até não ser explícito, como chefe de algum departamento profissional, mas lá estão elas liderando naturalmente alguma coisa, entre amigos, ou em casa mesmo, entre seus familiares.
   Submissas costumam ser ponderadas e educadas, não é uma regra, claro, não existe nada neste mundo que não tenha suas exceções, mas isto não as impede se serem seres pensantes e que em muitas vezes tomem a palavra com altivez e desenvoltura, as vezes colocando “a boca no trombone” quando se faz necessário “por ordem na casa”.   Costumam saber o seu ‘lugarzinho’ como diz a minha sábia e forte amiga Kitty, mas é exatamente por isto que sabem observar quando alguma coisa está fora de lugar.   Geralmente esperam que as coisas se acomodem sozinhas, isto muitas vezes acontece, entretanto pode não acontecer, pode ser que ela se veja impelida a tomar uma atitude.   É nesta hora que os que estão em redor se espantam, normalmente não se espera isto de alguém que é sabidamente submissa.  Este é um conceito superficial e falho.
   Por outro lado a agressividade de alguns, a ignorância e o ser incisivo em excesso, a arrogância quando pode optar por algo mais ameno, geralmente denota um esforço de esconder sua fragilidade, que aí sim é real.   A busca por estar sempre sob os holofotes é uma atitude que denota falta, carência e em ultima instancia, a fraqueza.
   Falando de forma pessoal, não gosto de tomar a iniciativa das coisas, prefiro esperar que as pessoas se enquadrem, gosto de dar o tempo necessário, contudo não tenho tanto pavio para esperar demais, sou impulsiva, explosiva (até que melhorei muito com os ensinamentos do Dono).   Tenho asco de falta de noção das pessoas.   Tenho defeitos como todo mundo tem, são as nossas falhas e o que nos torna individuais, confesso que tenho o maior preconceito de burrice, não daqueles que não tiveram a oportunidade de aprender a ler, por exemplo, mas quem disse que inteligência se ganha na escola?   Tem um monte de gente com canudo na gaveta e completamente tapada, que pensa que é esperta só porque estudou um pouquinho mais que a maioria dos brasileiros, ledo engano.
   Então, ser submissa não é sinônimo de apatia ou de burrice, não significa que se trate de alguém incapaz de tomar a iniciativa, de tomar partido por ver a injustiça a seu redor. 
   Quando se trata de submissa numa relação de Dominação/submissão então...   Ela precisa ser forte para suportar humilhações, dor e muitas outras coisas.   Claro, isto dá prazer a ela, mas é quase como tomar a decisão de fazer uma cirurgia arriscada demais, a gente sabe que precisa, que nos fará bem, que no final será prazeroso, mas ter a coragem para fazê-la, ainda mais correndo riscos altos é uma escolha que nem todos fazem.   Posso falar isto com propriedade, pois a minha mãe sabia que precisava operar um câncer no cérebro uns três anos antes do óbito, mas preferiu esconder o exame dentro do colchão e se calar.
   Talvez eu seja uma submissa atípica, sei que tenho personalidade forte, que me manter sob domínio é uma tarefa árdua, que não é qualquer pessoa, não é qualquer um que se julgue Dominador, é preciso ser mais forte que eu, não gosto de fingir que me submeto como um teatro, quero e preciso sentir que é de verdade.   Gosto de ter espaço, se ser livre para falar, pensar, me expressar sem me sentir sufocada.   Sei bem qual é o meu ‘lugarzinho’, não é preciso que me tratem como anencéfala e fiquem controlando os meus textos, pajeando quando vou ao chat, tendo acesso as minhas senhas e manipulando meu MSN, basta saber me interpretar e saberá como me manter cativa.   Saber fazer isto sem ficar no pé da sub é ser consciente de sua capacidade.
   Por outro lado sei que não estou sozinha, que tem muitas submissas de personalidade forte, que sabem se posicionar sem esquecer onde é o seu lugar.
   Quando pensarem numa submissa, não confundam isto com fraqueza, repensem este conceito, pois há muita gente fraca sob a armadura da arrogância e muita gente forte que com prazer se põe aos pés de quem ama.



Dorei Fobofílica.

12 comentários:

{princess kitty}龍戦士 disse...

Dorei minha querida!

Estou aqui aplaudindo de pé esse teu texto. Sim, pra se submeter é necessária muita força, e a tua postura, opiniões e posicionamentos sempre revelaram isso. Já disse e repito você é uma das minhas maiores referências em BDSM, mas não apenas no BDSM, você é uma das minhas maiores referências na vida.

Obrigada por me citar e o meu "lugarzinho". Assim como você me submeto sim, mas quando mexem com nossos brios, saimos em defesa daquilo que é importante para nós, seja um amor, um amigo, ou uma opinião. E isso não nos faz menos submissa aos olhos daqueles que nos dominam, pelo contrário, só mostra a nossa força e a força Deles também para nos dominar, afinal não é fácil dominar e manter no seu "lugarzinho" uma mulher assim.

Uma mulher de atitude e coragem é isso que você sempre representou para mim Dorei e agora ainda mais. Parabéns por tudo, por falar o que ninguém fala, por tocar em assuntos que são deixados debaixo do tapete, por se expôr e principalmente por mostrar que nós submissas somos fortes sim, psicologicamente, emocionalmente e fisicamente também.

Sem mais palavras para expressar minha admiração por você te deixo miaubeijos cheios de admiração e felizes por ser sua amiga! =^.^=

Eroticamente (In) Correto disse...

Dorei querida,

Vc e todos que me conhecem sabe que eu tinha algumas restrições ao BDSM por pura falta de entendimento do tema. Nunca escondi isso. A nossa amizade, nestes ultimos meses não me fez apenas mudar conceitos e entender coisas, fez muito mais do que isso. Me fez admirar a mulher que vc é; A tua postura ante a vida e as coisas; A iniciativa e a atitude que te são peculiares. aprendi e aprendo muito com vc em situações que vc sequer percebe e este post, em particular, mostra a grande mulher que vc é. Agora, está mais do que justificado por que teus amigos te adoram prá caramba. Vc é única e isto te torna cada vez mais capacitada a escrever da forma que escreve e a ser lida por todos que te leem.

Parabéns guria.
Tenho orgulho de ser teu amigo!


Beijo do IN_

Erótico e Profano disse...

www.eroticoeprofano.blogspot.com

--------------------------------

Ola tudo bem?

Adoro seu blog e o acompanho a algum tempo ja!

Gostaria muito que você participasse da entrevista da semana!

Você gostaria de participar?
É onde os leitores podem conhecer um pouco mais da pessoa que compartilha seus prazeres com eles!

Divulgarei seu blog como blog da semana, juntamente com a entrevista

Fico no aguardo de sua resposta no eroticoeprofano@gmail.com
-------------------------------------

LadySiri disse...

Querida Dorei,

Eu, como o In_, também tinha um certo receio com o BDSM. Mas quando descobri seu blog e a maneira como trata o assunto, me encantei logo de cara. Tornei-me uma leitora ávida dos teus textos.
Aqui, por exemplo, você toca num assunto muito pertinente a um dos meus receios. Acho ianceitável o Dono censurar a liberdade de expressão de sua sub. seus textos, chats, msn etc. E seus posicionamento vem diretamente de encontro ao meu, esclarecendo e acrescentando essas questões aflitivas. Você faz a diferença nesse aspecto da minha vida. Tanto que no início do projeto do DB, quando o In_ me falou que queria alguém do BDSM para postar aqui, imediatamente sugeri você, mas como não tínhamos muita proximidade contigo pedimos pra Veronika fazer o convite. E pra nossa alegria, você nos presenteia com seus textos, sua participação, com sua amizade, enfim, permitindo-nos a convivência com essa mulher maravilhosa que você é! Fazendo a diferença!
OBRIGADA Dorei!
Beijos cheios de admiração e carinho. E um final de semana iluminado.
Namasté.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Queridos amigos, eu aprendi um monte de coisas desde que vim para o DB, aprendo ainda, desobri como me ver de fora para dentro, a ser menos introspectiva no que se refere a flar de vida pessoal. Voces me receberam com tanto carinho que fico até meo sem jeito, não sei como fazer para retribuir a altura toda acolhida que tenho aqui. A cada dia que passa amo mais voces, ainda ontem eu falava do quanto gostaria de conhecer cada um de voces pessoalmente. Kitty é a meiguice do BDSM, um doce, In é um amigo ímpar, me mostra um monte de coisa, me ensina mesmo sem perceber e voce, my Lady, é como sempre digo, minha Lady, fala de sedução com uma elegância invejável além de toda candura que sempre dispensa. Passaria a noite falando de todos aqui, então deixo beijos em todos os tripulantes!

moubarato disse...

Nossa Deusa é Mãe !
Nossa Grande santidade é Feminina...
nada há mais forte pra suportar gerar e criar nossas Vidas...
Somente uma força imensa suporta tudo. E segue em frente...
Parabéns pelas palavras claras e tão precisas.
Submeter-se completo ao que com sábio prazer cativa!
Expor a ciência ( experiência) é tudo!
vida imensa de alegrias e Paz!
abraços parabenizantes e beijos doutro mundo pra todo mundo !
mou < : )

moubarato disse...

Há, e logicamente que além do texto também os comentários dessa deliciosa Dorei que adoramos, as doces Princess e Lady"s e demais gentlemans, assinamos embaixo parabenizantemente também !
HadÔ !
mou < : )

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Dorei...
Eu acho esse texto seu leitura obrigatória para toda Mulher que pensa em fazer parte do Universo BDSM.
E tiro o Chapéu!!Já estou me tornando repetitiva, mas, tenho aprendido muito com seus textos.

Vejo que muitas submissas tem outro tipo de visão do que é ser uma submissa nesse Universo.
Assim como aparecem protótipos de Donos...

Eu particularmente, apesar do BDSM me fascinar...encontrei alguns pontos que me fez refletir muito...

Não curto dor, sou sensível a dor...
E as Subs que tenho o prazer de conhecer, realmente são fortes, para aguentar e gostar.

Não poderia me submeter a alguém totalmente, se não houvesse Amor!!!

Algo que Voce, Kitty, Nanda me ensinam a cada vez que as leio.

Como eu disse no DB, seus textos são leitura obrigatória...

E esse Universo fantástico que é o BDSM, não é para qualquer pessoa, acostumada a sua vidinha baunilha!

Voce, a Kitty e a Nanda estão de parabéns...

Ah e antes que me esqueça...sou muito impulsiva e um tiquinho rebelde rsrs

Bjs doces carinhosos de uma ruivinha que a cada dia te respeita e admira mais e mais!!!


Ayesk@

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Obrigada, Ayeska Ursinha! Mas há uma confusão entre D/s e S/m. Dominação/submissão e Sadismo/masoquismo. As duas coisas são partes distintas do BDSM, podem se misturar, mas não é uma regra. Uma submissa não tem que ser masoquista, nem precisa curtir dor. ela pode gostar somente de ser dominada, assim como existem masoquista que curtem a dor, mas não tem Dono, elas não se submetem, para elas é só a dor que lhes dá prazer. Muitas de nós curtem as duas coisas juntas, mas a intensidade também é muito variável.

Beijinhos em ti Ayesk@!!!

Deh... disse...

Minha Querida, como sempre comentei em seu blog, não conhecia nada a respeito do BDSM, e pra ser sincera não tinha nem vontade conhecer/aprender até que descobri seu cantinho e seu jeito claro e objetivo de nos ensinar a ver as diferenças, de nos ensinar a respeitar essa filosofia de vida.
É o tipo de coisa que não me atrai, mas ao mesmo tempo não acho que seja bem assim, creio que de uma forma ou de outra Domme ou submissa, todas (os) temos um ladinho que grita mais forte, então o negócio mesmo é aprender, se informar e não sair por ai apontando o dedo. Adoro suas "aulas", é mesmo uma aula, daquelas que nos prende na carteira e não vemos a hora do proximo assunto.
Adoro te ler, pena não ser possivel sempre.
Beijos minha linda

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Obrigada, minha bela Linda Deh!
O importante para mim não é fazer adeptos, mas esclarecer e se voce me diz que consigo eu fico super feliz.

Beijinhos para ti, querida feiticeira!

{angel}_D.G disse...

minha querida que texto maravilhoso!!!se voce me permitir,posso compartilhar em meu bloguinho?e claro,dando os devidos creditos..fico no aguardo....e parabens pelo blog,adorei,e estarei sempre por aqui!bjsssss saudações SM