segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

LFV by IN


Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, 
não se alcança o coração de alguém com pressa. 
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado. 
Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente. 
Conquistar um coração de verdade dá trabalho, 
requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança. 
É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade. 
Para se conquistar um coração definitivamente 
tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos. 
Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, 
que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago. 
...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele, 
vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco. 
Uma metade de alguém que será guiada por nós 
e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração. 
Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria. 
Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que? 
Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós. 
Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava. 
... e é assim que se rouba um coração, fácil não? 
Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade, 
a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então! 
E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém... é simples... 
é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você.

Luis Fernando Veríssimo

In_Correto

10 comentários:

{Mansinho}_da Loirinha disse...

AMO VERÍSSIMO E SUAS VERDADES (E MEIAS VERDADES).... ACHEI O MÁXIMO O TRECHO "ROUBAR SÓ UMA METADE QUE À OUTRA VEM ATRÁS" RS.... CONCORDO ABSOLUTAMENTE COM TUDO!!!

MAS... TAMBÉM TENHO EM MENTE QUE ESPAÇO E TEMPO, SÃO MUITO RELATIVOS E QUE, MUITAS VEZES, A PESSOA "LUTA, LUTA E LUTA"... CONTINUA INSISTINDO EM ALGUÉM QUE, SIMPLESMENTE NÃO PERMITIRÁ NUNCA APAIXONAR-SE...
OUTRAS ACHAM QUE JÁ LUTARAM DEMAIS ONDE SÓ FALTAVA UM POUQUINHO...
OUTRAS TEM CERTA FACILIDADE EM SE VEREM RAPIDAMENTE ENVOLVIDAS, POR UMA SÉRIE DE FATORES, UMA DELAS É CARÊNCIA E... ACABAM POR DECEPCIONAR-SE...
OUTRAS COMO DIRIA O POETA "FICAM ESPERANDO ALGUÉM QUE CAIBA EM SEUS SONHOS" E ACABAM PERDENDO, TALVEZ, A GRANDE PAIXÃO...
OUTRAS... SEGUINDO EXATAMENTE ESSAS PALAVRAS DO (GRANDE) VERÍSSIMO, COM CERTEZA LOGO SERÃO MUITO FELIZES.......

ISTO É A VIDA... DELICIOSA COM A INFINITA VERSATILIDADE DA "ARTE DE AMAR". NOSSA NOSSA NOSSA QUE ESSE PAPO TODO ME DEU UMA VONTADE LOUCA DE LER (NOVAMENTE) A PONTE PARA O SEMPRE (DE RICHARD BACH).....

PERFEITA ESCOLHA DE TEXTO... GRAAANDE (IN)COMPARÁVEL AMIGO (IN)CORRETO.... INTÉ GURI.....

EU SOU NEGUINHA disse...

Texto fantasticamente belo.Dois corações batendo no mesmo ritmo,no mesmo querer,nas mesmas escolhas...
E sim,a entrega simplesmente aconte,completando o que faltava...
Adorei a escolha...
Beijos em ti,Mocinho..
{Nega}_(V)

EU SOU NEGUINHA disse...

Eu conseguiiiiiiiiii...viva,viva,viva..kkkkkkkkkkkkkkk
beijao

Hot Spot disse...

Realmente corações vibrantes nos fazem viver melhor...

Beijosssss


HOT SPOT NO MSN:

hotspotonline@hotmail.com

LadySiri disse...

Lindíssimo texto de Veríssimo! Eu sempre acreditei que nunca devemos desistir de nossos corações!

Beijokas meu querido!

Eroticamente (In) Correto disse...

Rsrsrs, adoro vc guria.

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Lindo, lindo!!!
Meu coração??? Não tem dono...rsrs
Ainda...talvez algum dia!

Beijos doces e uma mega terça para essa Tripulação Hot!!!


Ayesk@Ursinh@

{Mansinho}_da Loirinha disse...

...EITA QUE EU VIM AQUI PRESTIGIAR ESSA NAU DELICIOSA QUE AMO E AINDA ENCONTRO MEU AMIGO ENTÃO RS... VALE EU DIZER QUE ONTEM, OUVINDO FINAL FELIZ DO JORGE VERCILLO, LEMBREI DESTE TEU POST GURI.... INTÉ....

Eros e suas experiências. disse...

Verissímo,

Não há quem traduza tão belamente as coisas do amor e do cotidiano como ele, um genio timido e incisivo, importante e necessário sempre.

Adorei

Deh... disse...

Sem comentarios né meu Pajé??...rsrs

Esse texto é simplesmente fascinante.

Bjsss doces