quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

UM DIA QUALQUER DE 2010 (Por Mansinho)

Nunca fui bom em trepadas no banheiro, principalmente no chuveiro rsrs, normalmente terminam em risos... mas... algumas boas lembranças hehehe..... e não tem jeito, começo poetizando e quando vou ver, já voltei para a prosa rsrs...


“Quero abraçá-la e sentir o perfume do seu outro homem,
Abraçá-la com vontade, porque gosto de ti, mesmo gostando de outro.
Sentir seu corpo arrepiado, no abraço apertado e meu sexo excitado,
Juntos, rumo ao deleite sagrado.
Seu perfume está misturado com seu suor orgástico e o cheiro dele,
ele que abre a porta e vem ao nosso encontro...


Deitada em cima de mim, presa fácil para ele que lhe pega por trás,
Ia cochichar ao “pé do meu ouvido” exatamente tudo o que fizeram, mas agora...
Serás mulher dos dois...
Vou enfiando meu pau esfomeado em sua bucetinha molhada mas sou impedido porque você quer o dele...
Que lateja muito próximo, tão próximo que você mesma o pega e o coloca na entrada, ele, que já morde seu pescoço lhe chamando de puta, enfia numa socada só e você, grita e mexe, mordendo e beijando meus lábios, diz que quer meu pau em sua boca...


... e... deixando meu pau de encontro com seus lábios, o aperta, chupa e engole para abafar seus gritos.
Ele mete sem dó, dá tantos tapas em sua bundinha, que fazem algumas lágrimas caírem de seus olhos, seguro sua cabeça fazendo um vai-e-vem danado de bom, de sua boca, língua e saliva no meu pau...
Com uma mão tentas pegar as bolas dele que batem muito em sua bundinha e com a outra leva seus dedos em meu cú e ele goza, eu gozo mas você ainda não, por mais que ele falasse “goza puta”, por mais que metesse do jeito que você gosta.... 


...você precisa gozar, e enquanto ele chupa seus seios mais do que com gosto, enquanto ele os morde, quase que a tirar sangue, depois de um delicioso beijo teu, com gosto da minha porra, vou chupando sua bucetinha do jeitinho que gostas, porra do seu outro homem, além do seu mel, escorre pelos meus lábios... apertas minha cabeça mandando chupá-la mais rápido, que estas quase gozando.... e seu gozo se mistura ao dele em minha boca... suas pernas tremem, as nossas ainda estão tremendo e juntos, satisfeitos, nos deitamos para já já gozarmos mais....
...e você quer água, ele quer suco e eu quero café rs, enquanto eu busco vocês vão ao banheiro e, suados demais resolvem tomar banho... já ninguém mais quer líquido algum, no banheiro os vejo, debaixo do chuveiro um lavando o outro, te pego por trás, enquanto ele lhe beija num beijo demorado e lhe masturba,  mordo seu pescoço e acaricio seu cuzinho... ele vira para mim e diz “não Brother... deixa eu comer o cuzinho da nossa mulher...” invertemos mas, nossas picas ainda estão meio moles e, continuamos só a lhe fazer carícias enquanto você com o sabonete nos ensaboa, não demorou e, duros, começamos a deliciosa meteção... devagar e com jeito, nossos paus vão se encaixando dentro de você, seu cuzinho apertado vai sendo rasgado e sua xoxota encharcada vai engolindo meu pau e você louca de tesão fala que se tivesse mais um você dava conta.... ele... rindo... diz: “É vagabunda??? Toma.... e seu pau que estava só na metade entra sem dó, você quase desfalece num misto de dor e tesão e se solta sobre meus braços, meu pau entra mais, e começo a mexer mais e mais, e ele vai socando no seu cuzinho do jeitinho que você gosta, você “crava" suas unhas em minhas costas, ele “crava” seus dedos em sua bunda, nossos gemidos vão aumentando, nossas respirações se acelerando , desta vez você goza primeiro.... geme alto puta vai.... geme bastante... sente seus dois machos te fodendo muito... aumentamos o ritmo... você tenta se desvencilhar mas a posição não estava ajudando muito para gozarmos, deixa-nos meter mais um pouco, mas, como não gozamos, você desfaz o “sanduíche”, se ajoelha e começa a nos chupar... chupas com gosto, mordiscando, lambendo, engolindo, apertando com os lábios e quando estamos prestes a gozar, abres bem a boca e colocas o começo da cabeça do pau de ambos juntas, para gozarmos juntos em sua boca.... 


...se conseguisse aaaa você os engolia inteirinhos.... e gozamos quase juntos na sua boquinha, que engole parte, que deixa escorrer parte, e que se tivesse mais com certeza.... você daria conta! Fecho o chuveiro, pego sua toalha e começo a te secar e você, a toalha dele, e começa a secá-lo, o beija, me beijas, falamos “eu te amo" quase que os dois ao mesmo tempo para ti, vocês vão para o quarto enquanto eu me seco e vou fumar um cigarro, e aproveito para agora levar o suco e a água... e, quando chego, vocês estão tão agarrados que nem querem mais nada, além de que eu deite logo, apague a luz e durma com vocês. Para já já começarmos tudo outra vez rs...

♪♫...Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...
♪♫
(Love in the Afternoon - Legião Urbana)
 Imagens: A 3ª da Internet, as outras http://eroticamenteincorreto.blogspot.com/

5 comentários:

Eros e suas experiências. disse...

Muito bom, a narrativa e o contexto a criatividade nos da asas em poetizar e poder transmitir um pouco das sensações.

Parabéns

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Mansinho Milllllllllll, sou suspeitaaaaaaaaaaaaa...rsrs
Adoro tudo que escreve, adoro te ler!!!

Beijos doces carinhosos da ruivinha!


Ayesk@

Eroticamente (In) Correto disse...

Fazer deste ritual uma festa pode até ser fácil, mas fazer deste ritual uma festa e ainda por cima torná-la atraente, romantica e poética para quem te le, ah, isto já é um dom. E é exatamente por esta capacidade de síntese sem perder a noção real da emoção que eu gosto tanto de te ler meu amigo.


Abração do IN_

SexyButterfly disse...

Mansinho, meu amigo...
Que banho!!!
Confesso que vim ler bem cedinho e seu texto, mas fiquei sem condições de comentar na hora...parecia até que era um banho de água quente, bem quente, tamanho o calor produzido pelas suas palavras...rss
E essa última foto então...nem falo nada!
parabéns!
Beijos borboléticos!

Deh... disse...

Que coisa mais gostosa!!!

Vc é 10, meu amigo

Bjsss carinhosos