segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sentindo-se VIVA

Ela era uma morena daquelas que onde chega chama atenção, não por ser vulgar, mas por ser bela, sensual...de sorriso contagiante, ja havia passado dos 30 anos e era casada havia um bom tempo, e embora fosse uma pessoa que sabia ser desejada por muitos, se achava uma doente, pois mesmo com tantas cantadas, tantas badalações não tinha nenhum desejo sexual, não se sentia atraente, não tinha vontade de se entregar sexualmente a seu marido e a nenhuma outra pessoa.

Isso a incomodava muito, porque ela sabia que alguma coisa estava errada, afinal de contas, sabia que era uma mulher bonita, saudavel fisicamente, jovem, não tinha um motivo aparente para não sentir tesão por alguem. Aquela situação a fazia sentir-se estranha, achava que deveria procurar um médico, afinal de contas, alguma coisa deveria estar errada.

Quando ja estava convecida e procurar ajuda profissional, aconteceu algo que ela jamais imaginou.


Ela era frequentadora assidua de uma academia, tinha muitos amigos por lá, homens e mulheres que a comiam com olhos, e havia um rapaz chamado Paulo o qual ela sempre teve uma amizade gostosa, ele era um pouco mais jovem que ela, tinha lindos olhos azuis, era alto, forte, inteligente, cheio de bom humor, pra ela o mais "gato" da academia. Eram amigos, conversavam sobre tudo...

Numa noite ela se arrumou para ir a academia e enquanto se olhava no espelho pensou: _ Nossa será que não sou normal, será que sou o que chamam de frigida, será que nunca vou desejar devorar um homem, desejar ser devorada por ele??? Terminou de se arrumar e saiu...

Chegando ao estacionamento da academia deu de cara com seu amigo Paulo, perguntou onde ele estava indo e ele respondeu que estava procurando por uma carona, ela sorriu e disse entra ai, eu te levo, ainda esta cedo pra minha aula. Sem pestanejar ele entrou no carro e eles foram rumo a casa dele.

Quando chegaram ao portão, ao se despedir dela, com um beijo de agradecimento, seus lábios se tocaram por acidente, afastaram seus rostos e olharam-se nos olhos, nesse momento ela sentiu o coração disparar,  não resistiram e beijaram-se, um beijo quente, cheio de vontade, molhado, esfomeado. Ela sentiu como se uma corrente eletrica percorresse todo seu corpo, sentiu sua bucetinha molhada como nunca havia sentido, uma vontade louca de ter aquele homem pra dela.

Rapidamente sairam do carro e foram para dentro da casa, suas roupas foram ficando pelo caminho, logo estavam completamente nús, eles se beijavam vorazmente, jogaram-se no tapete da sala e ele foi deslizando com sua lingua quente e umida pelo seu corpo até encontrar sua bucetinha louca pra ser explorada, ele a chupou com vontade, com furia, lambia, chupava, sugava, estava sedento pelo seu mel, ela gemia alto, enquanto agarrava seus cabelos e o puxava pra junto de seu corpo, não demorou muito pra que ela explodisse em um gozo alucinante, um gozo que nunca havia tido, um gozo com gosto de quero mais.

Ela então pediu que ele a penetrasse, ele colocou os pés dela sobre seus ombros e de uma unica vez meteu tudo dentro dela, metia forte, com vontade, ela estava completamente entregue àquele homem  e ele a comeu com tesão, sorrindo a olhava e dizia: _ como vc é gostosa, como mete gostoso, porque esperamos tanto tempo pra que isso acontecesse???

Naquele momento ela se sentiu VIVA, poderosa, gostosa, percebeu que nao havia nada de errado com ela, ela tinha SIM desejo, tesão, vontades, queria mais, ela podia tudo. Ali ela percebeu que seu unico problema era nao ter encontrado antes um HOMEM que a fizesse se sentir assim, e de repente quando ela ja nao tinha mais  esperanças, ele apareceu. Um homem que a fez sentir-se MULHER.

9 comentários:

Satyro disse...

É a nossa obrigação satisfazer os desejos mais intrinsecos desse ser maravilhoso que é a mulher.

LÁBIOS DE MARIAH disse...

Pensei assim por um tempo, mas passou, hoje tenho consciencia da mulher q sou e dos meus desejos. Bjs em ti caprichados!

simplesmente Rö disse...

lindo...muito lindo, amei
e me identifiquei e por um momento toda essa chama veio a tona em minha cabeça, e te digo não me arrependo nem por um minuto de todo prazer q senti no momento.
momentos, intensos momentos movem a nossa vida.
bejus

JK disse...

Quantas mulheres, com certeza, não se encontram nesta situação???
E o pior... Não sabem que podem e devem sair dessa dúvida...
Não há remédio, nem magias, nem milagres...
O QUE HÁ, É O AMOR, AS PAIXÕES, OS DESEJOS VIVENCIADOS...
Adorei o conto...

Litus disse...

Contas a história da vida perdida.
Um simples relato dos desencontros possíveis entre cada ser com a alegria de viver. Vidas por vezes sofridas no maior alheamento.

E tão simples de resolver quanto a busca que cada um deve fazer para encontrar o brilho dos dias e o calor da esperança, o sorriso do olhar e a amizade nas mãos, o corpo eriçado e o espírito desperto, tudo enfim, mesmo tudo que lhe faça o sentido e plenitude.

E fica uma nota simples: que cada um de nós -homem, mulher, tanto faz - trate o outro, a outra, todos, sem egoísmo frio, mas com o empenho do interesse em despertar-lhes a alegria o sentido e a satisfação de viver.

Não se magoem, não atirem pedras ou culpas, semeie-se antes a esperança e a força de acreditar.

Até no sexo, é bom!

Bj

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Ando ultimamente nos mares ou na Nau, que estou esquecendo do DB aqui na Blogosfera.
E não só dele...dos demais também rsrs
Não dou conta kkk

Dehzinha, adoro te ler!!!
Beijos doces carinhosos e molhados!!!


Ayesk@

deisinha disse...

Concordo com o "JK" e o pior que passam a vida toda sem saber o que é o prazer,pois muitas não se arriscam ou se acomodam com a situação!Bjks♥

INUSITADA ROSA disse...

Já fui uma mulher assim... " infeliz" ...e agradeço por ter Inusitadamente encontrado meu Amado, Amante Amigo... do qual me fez e ainda me faz se sentir VIVA...!!!! Bjos..

Hot Spot disse...

Bom estou no outro lado dessa situação...

Fiz uma mulher se sentir VIVA...

Parabéns pelo texto...

Ja esta no meu blog roll...

beijossssss


HOT SPOT NO MSN:

hotspotonline@hotmail.com