terça-feira, 13 de março de 2012

Caiu Na Rede... O Início...

     
   

     
 
    Estava distraída, bisbilhotando a sua monótona telinha, quando algo diferente, chamou sua atenção...
        Seus olhos arregalaram... Seu corpo estremeceu... Fazia tempo, que um sentimento assim, não a invadia... Um moço interessante, chamando-a para uma conversa... Só as amigas, a chamavam...          No canto da tela, um amigo, não tão amigo, lhe chama, no MSN do face.      
      -Oi!      
      Ela espiou quem era e respondeu ao chamado, sem muito entender.      
      -Oi.        
      -Te adicionei pensando que te conhecia, mas acho que não.      
      -Talvez, sim.  (disse ela, ao espiar o perfil do moço)    
      -Você é da cidade dos meus parentes. Seria por isso?      
      -Acho que não. Mas, não tem problema. Vamos nos conhecer, agora!    
      -Então tá. Toda vez que eu entrar aqui, me chama.
      -Como assim?      
      -Eu fico bem pouco no face. Tenho que sair.      
      -Fica mais! Vamos conversar!      
      -Fala...      
      -Li uns textos teus, no site.      
      -E aí, gostou?    
      -Muito interessante...      
      -Que bom... Obrigada!      
      -Os textos são todos teus?      
      -Sim.      
      -São provocantes...      
      -Essa é a intenção.      
      -Fiquei curioso...
      
      -A conversa tá boa, mas preciso sair.      
      -Fica...    
      -Desculpa, mas já fiquei muito tempo. Conversamos em outra hora.      
      -Por favor. Meu trabalho tá um tédio e tô adorando nosso papo... FICA!      
      -Volto mais tarde.    
      -Vou  ficar esperando. Volta mesmo, tá!
      Ele continuou insistindo e ela, continuou ali... Depois saiu...

      Ficou parada, pensando... O moço era jovem, mas, muito seguro. Envolveu-a...      
     Trabalhou o dia todo pensando no garoto...

     No final da tarde, não se conteve e entrou novamente no FB e lá estava ele...
      Rapidamente ele a chamou para conversar. Fez várias perguntas e depois de alguns esclarecimentos pessoais e banais, ele foi logo falando:    
     -Não sei porquê, mas você me atrai.      
     -Como assim... (se fez ela)    
     -Quero te conhecer pessoalmente!    
     -Apressado, hein garoto...    
     -Não sou garoto. Já passei dos 21. Sou homem, sei o que quero!  
     -Aham...    
     -Sei que quero você! Tô excitado, só em conversar contigo...    
     -Normal na sua idade...    
     -Nada a ver. Você me deixa muito louco!!!
     -Tá carente, não?    
     -Não! Tô é com tesão por ti.    
     -Garoto... Garoto...    
     -Vou te mostrar, como não sou garoto. Quer pagar para ver?    
     -De graça, é melhor... rs 
     -Você não está me levando a sério.      
     -Acho que estamos indo longe demais. Vou sair...    
     -Fica! Por favor, fica!          
     Ela saiu. A conversa estava esquentando e ela não conseguia parar... Algo novo e gostoso, fomentava sua imaginação...
    Foi para casa pensativa...  Encontrou seu marido e culpou-se... Ele não merecia isso... MAS ELA MERECIA...
  
   Tinha um  bom relacionamento. Estava  feliz. Então, por quê?...
    
   Porque seu ego, estava sendo massageado... Sua curiosidade estava sendo avivada... Porque, na verdade, uma conversa, não poderia ser classificada como traição... O ato, ainda não havia sido consumado... E, se dependesse dela, nunca o iria, de fato, acontecer...

   Dias se passaram assim, com conversas cada vez mais quentes... Como parar? Como não gostar? Como, não se sentir infiel?

     Por uns dias, ela sumiu... Não entrou na internet... Foi uma tortura... Sentia uma louca vontade de vê-lo... De conversar... De imaginar... De sonhar... De ir mais além...


    
    Quando  voltou a entrar nas redes sociais, caiu em outra rede...

    O coração bateu mais forte... O corpo estremeceu... Seria carência... Curiosidade... Atração...      

   Tão logo entrou, ele chamou:

    -Oi!!!!!!    
    -Tudo bem?      
    -Quer me enlouquecer???      
    -Senti tua falta...    
    -Jura?      
    -Tenho que parar... Não posso mais continuar, com nossas conversas...
    -Se você acha isso. Então tá.    
    -Nossa. Aceitou rápido...  
    -Você é que desistiu! Eu continuo querendo!!! Quero te ver!!!
    -Não tem como!    
    -Vou te ver, sim!      
    -Para, garoto!    
    -Não vou parar! Ainda nem começou e você já quer terminar?

    -Não posso... Não devo... Mas quero..
    -Não entendo...
    -Não é para se entender... Só para fazer...
    -É isso, vamos fazer!
    -Chega...
    -Como chega? Nem fizemos nada!!!
    -Nem vamos fazer...
    -Eu não vou desistir... Não vou parar... Quero você e vou até o fim... Você me deixa louco...

            Ah! Se todos os homens soubessem isso e apenas isso... Mulheres gostam de homens atrevidos e decididos... Mesmo que nada aconteça, o simples fato de instigar, EXCITA, MEXE COM A LIBIDO, AGUÇA A IMAGINAÇÃO...
           
            Esse era o momento... Um delicioso momento...  
         
           Ela estava envolvendo-se... E adorando...   MAS NÃO PODIA...                                  

4 comentários:

Eros e suas experiências. disse...

Muitooooooooooooooooooo interessante, com certeza este texto faz abrir as portas do que muito acontece nas redes sociais, e indo um pouco mais longe, com certeza o que acontece de um lado acontece muitas vezes do outro também.


Beijos carinhosos

SexyButterfly disse...

Nessa rede somos todos peixinhos...precisamos é ter cuidado com os tubarões...rss

Adorei!
beijos borboléticos!

Eroticamente (In) Correto disse...

Decididamente ela estava carente. E a carencia é uma inimiga traiçoeira.


Beijo do Capetão!

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Aaaa Desculpaaaaaaaaaaaa...
Agora não aguenteiiiiiiiiii rsrs
Mas...isso é o que mais acontece!!!
E lendo...percebi que o papo é o mesmo de sempre...a cantada a mesma... kkkk

Excelente texto!!!
E endosso o que a Borboletinha comentou!!!

Bjs doces!!!