domingo, 4 de março de 2012

Loba Faminta (por Derek Dick)

Era a primeira vez que Derek viajava a Portugal. Passaria duas semanas de férias visitando o país. Sempre tivera curiosidade de conhecer mais sobre aquele povo e sua cultura, que havia influenciado tantas coisas em seu país, o Brasil.  

Ele passou a primeira semana em Lisboa conhecendo a capital do país e na segunda semana tinha passeios variados a diferentes lugares do país. Um deles era para uma região de floresta.  Ele curte muito vinhos e sempre teve curiosidade de conhecer o Sobreiro, a árvore da qual se extraía a cortiça.

Derek estava nessa floresta admirando o Sobreiro e não percebeu que o grupo da excursão se afastava para outro lado. Ele tirou muitas fotos, examinando o fantástico tronco que em breve viraria rolhas para seus tão amados vinhos.

Ele se distraiu por tempo demais e quando se deu conta não sabia onde seu grupo estava. A tarde caía, o horizonte estava alaranjado e pode perceber que em breve estaria bem escuro. Se desesperou, correndo pela floresta, tropeçando e caindo. Levantou somente para se dar conta de que estava realmente perdido no meio da floresta.

Ouviu barulhos provavelmente de animais. Se assustou e começou a buscar um lugar seguro. Após uma meia-hora andando sem saber em direção a que, achou uma pequena caverna, embaixo a umas rochas. Começava a esfriar com a noite e achou que poderia se proteger ali dentro.

Uivos de lobos lhe chegaram aos ouvidos e ele mais que depressa entrou na escura caverna. Estava assustado. Pensou que se vencesse aquela noite poderia com a luz do dia ter mais chance de se achar ou ser localizado.


Ficou sentado olhando assustado para o escuro absoluto de fora, até que adormeceu não sabe quanto tempo depois.

Do lado de fora, olhos da noite espreitavam o novo habitante daquela caverna. Ouvia-se uma respiração curta e ofegante. Era sem dúvida um belo animal, uma fêmea de pelos negros como a noite, que ia se esgueirando sorrateira em direção a caverna. Os olhos eram amarelos.

Derek acordou assustado, como que sentindo uma presença na escuridão. Ouviu barulho próximo a si e acendeu um isqueiro que tinha no bolso. Foi quando viu algo inacreditável:

Uma loba o fitava diretamente nos olhos. E após um breve instante ela saltou diretamente sobre ele. Derek viu sem querer acreditar quando no meio do salto a loba se transformou em uma mulher.

E que mulher! Agora nua sobre ele a loba parecia faminta. O segurava com suas mãos pressionando os ombros de Derek contra o chão. Ela tinha os cabelos negros e compridos e eles caíam por sobre o rosto de Derek.Ele sentia o ar quente da boca voluptuosa próxima a sua e um doce perfume.

Ele tentou levantar-se, mas não pôde com a força da loba. Reparou que seus seios eram muito brancos e também bem torneados assim como o resto do corpo nu que agora lhe despertava ao mesmo tempo medo e desejo.

A loba avançou sobre o pescoço dele ,que sentiu a mordida se fechar em sua garganta...mas logo percebeu que ela somente mordiscava e também o chupava e beijava.

Com uma força sobre-humana, ela rasgou-lhe todas as roupas deixando-o somente com trapos. Sentiu então,naquela escuridão, que ela sentara sobre seu pau e com um pouco de pressão o fez entrar em sua buceta quente e úmida. 

Era ela quem o comia, faminta com sua buceta fazendo movimentos fortes, subindo e descendo , engolindo seu pau inteiro. Ela cravara as unhas em seu peito e agora o arranhava, deixando o sangue verter conforme descia em direção a barriga.

Derek gritava de dor e prazer, quando ela mordeu seu lábio fazendo-o também sangrar um pouco por ali. A loba sedenta tomou todo o sangue e gozou sobre o pau de Derek.

Ele achou que ela se satisfizera, mas não entendeu o quanto ela estava faminta e sedenta. Logo em seguida ela empurrou-o contra uma parede fazendo-o ficar em pé. Ajoelhada ela começou a chupá-lo até que deixou seu pau duro para novo uso.

Ela segurou seu pinto ereto e puxou-o para cima dela direcionando-no para dentro de seu cu. Uivava enquanto era penetrada e empurrava sua bunda contra o pau de Derek.

Derek sentia o cu apertado se abrir engolindo seu pau inteiro. Ele percebeu que ao mesmo tempo a loba faminta se masturbava e estava rebolando desenfreadamente. Uivando alto, gozou novamente.

Virou-se de frente mantendo Derek contra a parede e masturbando-o sem dizer uma palavra, lambia as gotas de sangue que escorriam do peito dele machucado pelos arranhões.

Quando sentiu que ele estava por gozar, abocanhou-o sugando ferozmente. Gemendo muito, fez com que ele gozasse em sua boca. Tomou tudo e lambeu o pau dele para pegar qualquer resto que houvesse daquela porra quente. Uivou novamente e então se transformando novamente em loba, desapareceu dentro da noite em meio a floresta.

Derek caiu exausto que estava e adormeceu, sendo acordado de manhã por uma das guias da excursão. Ela tinha voltado com uma equipe para buscar pelo desaparecido estrangeiro que se separara da excursão. Era muito cedo, o local estava deserto.

O achou nu, ensangüentado e violentado. Levou-o ao ônibus com a ajuda de outras duas guias e começaram a limpar seu corpo com o kit de primeiros socorros.

Ele estava semi-acordado, meio zonzo, mas quando elas começaram a tocar seu corpo seu pau respondeu como por instinto, enrijecendo. As guias se entreolharam, os olhos brilharam se modificando para uma cor amarelada. Olhares sobrenaturais como o da Loba na noite anterior. Fecharam a porta do ônibus e podia-se ouvir uivos lá dentro.

7 comentários:

Eros e suas experiências. disse...

Dereck demais adorei muito.


Beijos e abraços carinhosos

SexyButterfly disse...

Derek, o homem das milhas turísticas e sexuais...rss
Sempre cheio de aventuras...

Beijos borboléticos!

Eroticamente (In) Correto disse...

Oniricamente gostoso de se ler,...
Grande Oficial,...



Abs. do Capetão!

Sorry i cant fly... disse...

As lobas sabem como apetecer um jovem não é DD ;)
Bjlhões...rssss

LadySiri disse...

Nossa DD! Quanta selvageria!! Rsrs...Adorei! Auuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Beijos

princess kitty disse...

Miauuuu!!!

Adorei! Além de erótico, é sinistro e tem um quê de sobrenatural rsrs.

Miaubeijos com carinho =^.^=

Linda Fênix disse...

E o domador é domado...
Muito gostoso, D.
Uivos... que dizer, beijos em ti ;)