quinta-feira, 15 de março de 2012

Surpresa no Front - por Sexy Butterfly


Sempre se arruma cuidadosamente para encontrá-lo.
Pensa em todos os detalhes possíveis, do cabelo à maquiagem. Das unhas a bijuteria. Da roupa aos sapatos. Do perfume a lingerie. Da bolsa à depilação.
E naquela manhã, ela não estava nem um pouco preocupada com isso.
Assumia a função de mestre – de - obras. Gerente de logística.  Auxiliar de compras. Uma soldada no font de batalha, em roupas civis. Nada de visual “mulherzinha” . Uniforme empoeiradamente básico. Sapatos adequados para a batalha no front.
Tão perto do lugar que até então era seu esconderijo... Tantas lembranças daquele safado! Precisava pensar em um novo dali por diante. Muito perto do front!

E quando a soldada preparava-se para voltar ao lar em busca de um banho refrescante, o celular toca.

“Oi, minha loira delícia! Você tá no front?”
“Na verdade, saindo dele...”
“Eu também tô aqui. Do lado do front.” – Na rua do esconderijo de sempre.

Primeiro, a sensação do inesperado. A alegria de ouvir aquele sotaque adorável que a derrete toda. Logo veio a lembrança da última que ele aprontou com ela e a deixou tão furiosa. Deve estar no esconderijo com outra e ainda ligou pra contar! Ele tem dessas coisas... vaidoso, adora se gabar do que faz!

“Não acredito! Com quem você está aí?” – já ensaiando voz e cara de brava...
“Com ninguém! Eu vim te ver, minha preferida!”
“Então me espera, que já chego aí.”

Coração aos pulos, dá meia volta com o carro e reza pra que nenhum outro soldado  a veja ali.
Ele havia escrito mais cedo, falando num café. E apesar de todo tesão que sente quando ele está perto, pensou a princípio no tal café. Afinal, estava com aquele uniforme horrível...
Emparelhou o carro com o dele, a poucos metros do esconderijo proibido. E quando abriram o vidro, não prestou. A cara de safado, perguntando se ela queria entrar... Como ela poderia resistir? Ele pulou para o carro dela.

Tremia. Se alguém visse aquela cena! Já havia entrado dirigindo no esconderijo antes, mas sempre seguindo alguém. Nunca teve que tratar sobre detalhes antes! Ficou nervosa e tremeu, mas conseguiu vencer o desafio. Tudo tem uma primeira vez na vida...

Tinham que ser rápidos. Foi surpresa pra ela. Ele sem muito tempo.
Ao mesmo tempo ela estava feliz, excitada e preocupada com detalhes de mulherzinha.

“Olha o meu estado! Sem depilação, suja, desmantelada... Isso não se faz com uma mulher”
Mas ele não quis saber disso. Disse que estava adorando assim, ao natural.

Até precisavam conversar, mas preferiram tirar as roupas de uma vez. Ufa! Pelo menos a calcinha não era das piores... e ele fez o favor de jogá-la longe.  Que saudade ela estava dele e nem havia percebido até aquele momento! Daquela pegada gostosa em seu corpo. Da boca que a faz tremer toda. Safado!

O tesão era tanto, que pularam quaisquer preliminares e foram direto ao assunto. Ele metia forte. Ora apertava, ora mordia, ora beijava os mamilos. Ela o segurava nos quadris e apertava sua bunda, trazendo-o mais perto a cada estocada. Ela gozou e pediu seu leite. Ainda não, ele disse. Ainda queria outras coisas...  Chupou a bucetinha e a fez tremer. E quando foi a vez dela o chupar, ele não parava de dizer como ela é ciumenta. E que também tem ciúme dela. E fez uma proposta que ela até considerou por alguns segundos, mas recusou. Não era justa com nenhum dos dois.
Seu sexo então se encaixou no dele  e rebolou até gozar novamente. Agora sim, estava pronta pra receber seu leite.

Ela até se esqueceu que estava brava com ele. Também esqueceu dos N problemas que estavam na sua cabeça. Aproveitou o momento para voar. E ele, feliz por mais uma vez ter feito com que ela voasse!

Uma deliciosa surpresa, que fez o dia da soldada muito mais feliz.




12 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Voa borboleta voa,... rsrsrs
Objetiva como deveriam ser todas as borboletas.



Beijo do Capetão!

Camis disse...

Borboletinha,
Tão sutil, sexy e como sempre inspirador, consigo imaginar toda a cena.
Bjs

Camis disse...

Borboletinha,
Tão sutil, sexy e como sempre inspirador, consigo imaginar toda a cena.
Bjs

Lita S disse...

Lindo quando esse encaixe é perfeito, e sim, tem alturas quando os preliminares deixam de ser um 'pré-requisito' pois a vontade já assumiu essa condição!

Beijinhos...

Eros e suas experiências. disse...

Um voo razante nas imaginações alheias, como sempre delicioso.


Beijos carinhosos

Everson Russo disse...

Voa longe em desejos e sonhos essa borboleta...beijos

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

rsrs
Borboletinha...vou ficar repetitiva!!!rsrs

Como é bom ver voce sorrir!rsrs

E novamente...adoro seus textos...mesmo sendo suspeita kkk

Suspirei aqui...viu???rsrs
Será efeito de nossos segredinhos de ontem rsrs

Bjs doces amiga...e continue voando, batendo suas asinhas cada vez mais alto...

Ayesk@

JK disse...

Uau!!!

Assim é que eu adoro ler textos, contos e afins: curto, inteligente, delicioso e profundamente excitante...

AMEI... QUASE GOZEI...rs

EU SOU NEGUINHA disse...

E voar assim é tudoo de bom...
Adoro ler-te

Beijos da {Nega}_(V)

Boy Safadinho disse...

Nossa,Que Borboletinha mais Safadinha...adorei a parte do Encaixe,Sr Capetão,e a respeito da Borboletinha mais que Sexy,só tenho a dizer pra ela q Voe cada vez mais Alto,nos levando em Delirios,sorte dela ter um Soldado Desses...aaaahhhhh,eu com uma sorte Dessas!!!

Ass.:Boy Safadinho

bell - hallucinating disse...

hummm, umas loucurinhas dessas de vez em quando fazem um bem danado. ^^

Derek Dick disse...

É....umas loucuras inesperadas fazem a diferença no dia-a-dia....

Bjos molhadinhos
DD