quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Na cozinha...

Fim de semana terminando e como num típico final de domingo, estamos, meu namorado e eu, na casa da minha mãe para o jantar.
Jantar, sobremesa, conversa e ela (mãe) decidiu ir ver TV no quarto. 
Sozinhos, enfim, começamos a pegação de sempre... Mãos, bocas, sussurros... Até que chegou ao ponto em que isso não era suficiente...

Resolvemos parar um pouco para aliviar o desejo, afinal ela poderia aparecer a qualquer momento.

Fui para a cozinha, abri a geladeira e deixei o ar gelado me tocar, precisava baixar minha temperatura que a essa altura estava no limite do suportável. Meu corpo ansiava pelo corpo dele, sentia entre as pernas a pulsação do desejo reprimido... Minha respiração não se regularizava.

Antes de fechar a porta, senti seus braços me envolverem e um sussurro no meu ouvido “não estava aguentando ficar lá sozinho...” sua respiração tocando o meu pescoço, seu corpo encaixado no meu e suas mãos percorrendo das minhas coxas até meus seios foi o suficiente! Não consegui mais suportar aquela tortura e entreguei-me ao desejo de me perder nos seus braços.

Seu beijo, como sempre, deixou minhas pernas moles e tive que me apoiar em seu pescoço para não cair. Ele logo percebeu meu desequilíbrio e me segurou pela cintura, meus pés quase não tocavam mais o chão... E assim, ele me prendeu entre a parede e seu corpo.

Senti sua pulsação quando ele encaixou suas pernas nas minhas. Conhecia aquele ritmo, sabia como fazer para acalmá-lo... Então, sem pensar muito, levei minhas mãos até o ziper de sua calça, abri e me abaixei... quando percebi, estava sentindo aquela pulsação em minha boca.

Lembro que pensei rapidamente... “Ai! O que estou fazendo? E se ela aparecer...?”

Mas alguma coisa se acendeu dentro de mim, percebi que aquela situação de ser pega me deixava ainda mais voraz e comecei a aumentar o ritmo... Nesse momento ele me puxou e ainda sussurrando disse: “Você não vai me deixar sentir isso sozinho! Quero ouvir você gemer!”

Então, me carregou e me colocou em cima do balcão da pia, que era alto e o deixava numa posição perfeita. Arrancou minha calcinha, que a essa altura estava encharcada, e me segurou pelo quadril. O enlacei com minhas pernas... Lembro que ainda falei: “isso é uma loucura é melhor pararmos, ela pode vir para cá a qualquer momento!” Mas só ouvir, um segundo antes de senti-lo dentro de mim, “Fala que não tá gostando disso... Fala...”

Claro que a única resposta que pude dar foi um gemido, abafado pela sua boca...

Entramos num ritmo frenético, eu rebolando e ele me puxando pelo quadril, sua boca tapando a minha... Ele sabia que se soltasse meus gemidos chamariam a atenção até dos vizinhos... Mas, por um instante, ele tira sua boca da minha e sussurra no meu ouvido: “Vai linda, goza pra mim... Quero ver vc gozar bem gostoso...”


Pronto! Era só o que faltava para que eu explodisse... O gozo veio numa intensidade tão forte que por um instante achei que iria desfalecer... Meu corpo não tinha mais vontade própria, fiquei sem resistência meus braços caíram e por alguns segundos não consegui me mover, era como se eu estivesse saído do meu corpo... Estava tão absorta no meu gozo que nem percebi que ele gozava também...

Depois de uns minutos, abraçados aproveitando o restinho daquela maravilhosa sensação, ouvimos um barulho vindo da sala. Recompomos-nos rapidamente, mas não apareceu ninguém na cozinha! Saí de lá com um sorriso nos lábios e um olhar brilhante de quem tinha descoberto que o perigo pode ser um combustível muito interessante...


Queridos, 2011 está chegando ao fim e o que mais posso desejar para o ano que se aproxima que não seja paz, amor e muuuuitooo sexo? Que em 2012 todos os nossos desejos de realizem regados de muito prazer!


Beijo quente da Fênix...

10 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Adrenalina. Essa palavra pode ser tétrica ou mágica,...rsrs. É tão bom quando podemos usá-la a nosso favor. Estes teus fragmentos de vida e prazer, que você tão generosamente reparte conosco são de uma sensualidade ímpar. Sempre gostei de te ler e você bem sabe, mas ler teus detalhes em detalhes, aqui, a bordo, te, sido tudo de bom.

Um 2012 repleto de coisas boas e momentos à viver à você e à todos nós!


Beijo do IN_

Mr. Scarecrow disse...

Deliciosa estória... vontade saciada... tesão incontrolável... rsrsrs... e, sim, o perigo é um ótimo combustível... heheheh

bjs

Sr. E

Simone butterfly disse...

O nosso caminho é feito
Pelos nossos próprios passos...
Mas a beleza da caminhada...
Depende dos que vão conosco!

Assim, neste NOVO ANO que se inicia
Possamos caminhar mais e mais juntos...
Em busca de um mundo melhor, cheio de PAZ,
SAUDE, COMPREENSÃO e MUITO AMOR.

O ano se finda e tão logo o outro se inicia...
E neste ciclo do "ir" e "vir"
O tempo passa... E como passa!
Os anos se esvaem...
E nem sempre estamos atentos ao que
Realmente importa.

Deixe a vida fluir
E perceba entre tantas exigências do cotidiano...
O que é indispensável para você!
Ponha de lado o passado e até mesmo o presente!

E crie uma nova vida... Um novo dia...
Um novo ano que ora se inicia!
Crie um novo quadro para você!
Crie, parte por parte... Em sua mente...
Até que tenha um quadro perfeito para o futuro...

Que está logo além do presente.
E assim dê início a uma nova jornada!
Que o levará a uma nova vida, a um novo lar...
E aos novos progressos na vida!
Você logo verá esta realidade, e assim encontrará
A maior Felicidade... E Recompensa...

Que o ANO NOVO renova nossas esperanças,
E que a estrela crística resplandeça em nossas vidas
E o fulgor dos nossos corações unidos intensifique
A manifestação de um ANO NOVO repleto de vitórias!
E que o resplendor dessa chama

Seja como a tocha que ilumina nossos caminhos
Para a construção de um futuro, repleto de alegrias!
E assim tenhamos um mundo melhor!
A todos vocês companheiros (as) que temos o mesmo ideal,
Amigos (as) que já fazem parte da minha vida,
Desejo que as experiências próximas de um ANO NOVO
Lhes sejam construtivas, saudáveis e harmoniosas.
Muita Paz em seu contínuo despertar!
"UM FELIZ 2012"
um beijo querida Deh!

deisinha disse...

Adorei a postagem!E estou passando aqui,pois falta poucos dias para o ano 2012!E desejo para vc muitas sortes de bênçãos do SENHOR!Que o seu blog venha crescer a cada dia mais seguidores e tenhamos um ano de muito amor e muito sexo rsrsrs!Bjs deisinha♥

EU SOU NEGUINHA disse...

Linda e doce fenix.....
Me fez voltar a 22 anos atrás..risos
Numa brincadeirinha deliciosa assim,ganhei a jóia mais valiosa que tenho hoje...e que esta aqui ao meulado lendo este relato..risos
Beijos imensos em ti

SexyButterfly disse...

Essas situações perigosas são as mais excitantes!

beijos borboléticos!

EU SOU NEGUINHA disse...

Voltando..Aos tripulantes lindos desta Nau
Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez
com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente...

Para você, desejo o sonho realizado.
O amor esperado. A esperança renovada.
Para você, desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano,
desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
que sua família esteja mais unida,
que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas...
Mas nada seria suficiente...
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes...
e que eles possam te mover a cada minuto,
no rumo da sua FELICIDADE!!!"

Carlos Drummond de Andrade.

Um 2012 de paz,luz e muita felicidade.E que este novo ciclo que se inicia seja repleto de energias de luz a ti.
{Nega}_(V) e (V)ARQUÊSdeSADE

Sorry i cant fly... disse...

Já me vi assim em "apuros" confesso que era mui bom, mas o coração tem que ser forte né ;-)
Bjlhões.

LadySiri disse...

Hahahaha...identificação imediata Linda Fênix! A cozinha da casa da minha mãe também tem muitas trepadas pra contar, rsss...o medo de alguém irromper de repente faz tudo ficar mais excitante...ahh como é bom!
Divina narrativa. Parabéns.

Beijo

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Bela Fênix, a sensação de risco, de perigo, de medo é um combustível extraordinário! Eu imagino a sensação deliciosa que se passou na cozinha rsrs
Ouvi na meninice, na primeira versão de Escrava Isaura a seguinte frase: "O medo é o sentimento mais profundo que um ser humano pode experimentar." Depois descobri o quanto isto é verdade.

Beijos em ti, moça de fogo e singra os céus! E Feliz Ano Novo!