quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

MEU MARIDO QUER SER CORNO???

Quando me fiz esta pergunta pela primeira vez, desencadeou uma avalanche de perguntas e com elas vieram inseguranças, dúvidas, preconceitos... e eu que me julgava uma mulher até então “liberal” percebi e sofri ao perceber o quanto minha cabecinha ainda tinha resquícios de uma criação conservadora...
Casei-me com Mansinho após 3 meses de namoro, apaixonada, com a certeza de ter encontrado minha alma gêmea... Ele, assim como eu, gostava muito de sexo, e “putaria” fazia parte de nosso dia-a-dia. Ele já me demonstrava sinais que eu... não percebia....
Nós dois, desde o início, assistíamos muitos filmes pornôs, e eu quase nunca conseguia chegar ao fim de um filme antes de ter gozado, e ele (um autêntico voyeur) conseguia assistir o filme todo, para depois vir saciar seu desejo me comendo na maioria das vezes já “gozada”. Apimentávamos nossa relação com fantasias, e um brinquedinho que se tornou o 3º elemento na cama... Por muitas vezes, após assistirmos um filme onde a safada dava para mais de um cara, ele dizia para mim, que queria me ver assim... E eu, até então levando “apenas” na fantasia... embarcava... e gozava...  Até que um dia ele foi mais enfático e me perguntou: “Quando você vai arrumar um macho para eu ver ele te fodendo?” Pela primeira vez senti “um tranco” e aquela pergunta me trouxe um desconforto desconhecido....  E foi aí que a avalanche veio sem que eu estivesse preparada..... Meu marido (a quem eu jurei fidelidade) quer ser corno? Ele não tem ciúmes de mim? Será que ele é gay? Só pode ser... Ele quer mesmo é um homem na cama.... Um homem querer ver a mulher na cama com outra seria mais “normal”, e eu já tinha tido outras experiências com mulheres. E se ele for bi? E se ele quiser mais o homem do que eu? ..... E mais uma seqüência de indagações que eu não conseguia pronunciar a ele, com um medo imenso das respostas serem sim....
Fui guardando as dúvidas, e elas só foram crescendo à medida que o desejo dele em me ver com outro também... Chegou uma hora onde uma decisão tinha que ser tomada, e uma DR (discussão da relação) na cama seria inevitável... Criei coragem, e soltei todos os meus “fantasmas”...
Ele tentava me fazer entender que era um voyeur, e que muitos homens têm essa fantasia. Eu não havia ainda me convencido... E navegando na internet que fui assimilando isso aos poucos. Numa noite, ele sugeriu entrarmos em uma sala de bate papo de sexo para “brincarmos” um pouco.. E escolheu então meu primeiro nick: CABRITINHA.... Achei divertido, e então a “brincadeira “ foi muito gostosa... Ele sentado ao meu lado, e eu tc com vários homens e me excitando, excitando, e ele ali passando a mão em minha xana... E a CABRITINHA gozou muito na primeira noite e seu BODE também...
Passados alguns dias tc com o mesmo nick, ele sugeriu que eu entrasse com um novo nick: CABRITINHA E SEU BODE... (os chifres já gritavammmmm... para sair.. rsrs). Desta primeira vez, eu já dizia para os homens que tc comigo que meu BODE estava ali comigo, me vendo tc com eles, e de pau duro chupava minha xana enquanto eu me excitava com os outros... Quando dei por mim... eu já esperava chegar a noite para a CABRITINHA chegar.... Mas passados alguns meses só ali naquela brincadeira, fui ouvindo muitos homens (eram singles e eu não imaginava que eles existiam e que eram tantos...) que contavam  suas experiências com casais... E já começava a sentir que já não era mais uma cabritinha... eu me sentia a casada que também podia ter outros... Assim nasceu a Loirinha ksada, uma mulher que agora ainda sente que tudo isso é uma grande loucura, mas ainda assim estava (e continua) louca para sentar em outra pica... A “conveniência” de PODER ter outros machos se tornou maior que as paranóias, que ainda estão lá num cantinho da minha cabeça, mas “convenientemente” bem guardadas. E outra decisão importante foi tomada: “tenho que descobrir experimentando”... E em nosso primeiro ménage masculino (que relatei no meu post 
), havia uma insegurança muito maior que o tesão que eu demonstrava, o tesão foi imenso... mas as neuras ainda eram maiores... 
Para desfrutar desta nova vida liberal, tive que me soltar de amarras que nem eu imaginava ter. E elas não se quebraram tão facilmente quanto possam parecer. Não nos damos conta do quanto "padrões de pensamentos” impostos por frases que ouvimos sempre durante nossa criação podem estar ali, enraizadas, escondidas. E até fazer esta nova reprogramação mental, nos sentimos divididas entre duas pessoas... E somente quando assumi de vez que “aquilo” NOS fazia bem, e que os riscos estariam ali, sendo eu “liberal” ou não, foi que comecei a curtir de vez ser a até então “Mulher de corno”. O termo que para tantos é uma ofensa, assim como para algumas mulheres ser chamada de safada ou vadia, para nós é ... “elogio”, ou um termo carinhoso, que define o que gostamos de ser.
Durante muitos anos vivenciamos experiências deliciosas, até que então... Me apaixonei por outro homem... Foi aí que realmente senti o quanto Mansinho é um corno diferente.... Nesta descoberta, seu amor por mim se mostra maior do que eu mesma poderia acreditar. Nunca escondi que jamais saberia dividi-lo (fora do sexo) com outra. E aquilo, que antes era apenas um risco, se tornou um fato que tivemos que aprender a lidar. E descobrimos o quão nosso amor era forte, para ser “dividido”.
Hoje estamos vivenciando uma segunda relação a 3, mais madura... não passamos pelo “choque” da primeira vez em constatar que AMO outro homem... Tudo foi mais rápido e fácil, e o destino (para quem acredita nele... rs) me trouxe de presente o Sr. Espantalho... 
Este homem que já conhecia muito de minha história (meu "manual de instruções" listado no blog... rs), e que já em nosso primeiro encontro veio a nítida constatação que a química e cumplicidade pré estabelecida antes virtualmente se fez presente e aumenta a cada dia.
Ah... rs e falando ainda na “temática cornística”... não posso deixar de dizer (mais uma vez... rs) que Mansinho, assim como vários cornos que conhecemos, come sua safada todos os dias (ou quase todos ...rs), a não ser quando o deixo de castigo... rs Ser mulher de corno, para mim, é ser mulher de um cara bem resolvido, seguro, que infla o ego da esposa quando quer mostrar para outro macho o quão gostosa e safada ela é.... E nisso tudo, me julgo uma mulher de muita sorte e feliz... Amando e vivenciando os prazeres de dois homens ao mesmo tempo.....


17 comentários:

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Loirinha, esta história, a da cabritinha, é muito boa, mostra como a coisa foi surgindo com naturalidade, como foi crescendo e amadurecendo para se tornar um prazer sem que ninguém saísse "ferido", mas que tirasse das experiencias coisas positivas que acrescentassem a relação. É isto que eu acho responsável e gratificante, sem falar na maturidade de assumir o que se deseja da vida, coisa que muita gente sente e as vezes até vive, mas não assume. Minha admiração por voce, é que se assume, como eu faço também, apesar de meu marido me permitir, mas não me assumir, de meu Dono "não permitir que eu me revele mais", nem se assumir, mas ainda assim eu me assumo sem afetá-los, na medida que eu posso fazer isto sem afetar a escolha deles. Neste aspecto até sinto uma inveja branca de ti, de poder ser com o apoio maior deles, até mesmo incentivada.
Adorei conhecer-te mais e me fez desejar escrever como entrei no BDSM, o que farei para o próximo post.

Voce é show de bola, mulher!

Beijinhos, Loirinha e abraços nos maridos!

Eroticamente (In) Correto disse...

Toda transformação é um processo. Alguns mais lentos, outros mais urgentes. As coisas boas não acontecem num estalar de dedos, elas amadurecem dentro da gente. Ler vcs demonstra e ilustra isso. Tanta cumplicidade e liberdade de expressão e sentimentos só endossa o por que de estarmos todos aqui navegando lado a lado e sentindo a brisa de mares pouco navegados ou ao menos, de pouco esclarecimento até então. Sei que muitos lerão este teu post e deixarão de sentirem-se verdadeiros ET's. Vcs acabaram de nos mostrar que "amar" é uma palavra que não comporta barreiras físicas ou metafóricas. Amar é simples, gostoso e, quando dividido, ainda assim vem a somar em nossas vidas. Grande post. Virei ainda mais fã de vcs.



Beijo do Capetão!

JK disse...

Isso, sim é uma vida resolvida...
Sou a favor de se ser feliz... Cada um escolhe como... E vocês sabem viver e conviver numa boa...
Adorei o texto, bem explicativo, divertido e excitante...
Até mais... Bjsss

aldrey disse...

Loirinha,achei super interessante,tua história,até porque as pessoas acham que as pessoas já nascem com suas personalidades formadas!!E que as coisas podem ser diferente conforme vamos vivendo,e amadurecendo...bjs da lesada

SexyButterfly disse...

Loirinha
Já cansei de dizer por aí o quanto sou sua fã!
Aprendi muitas coisas lendo você...rs
E entendi que pra mudar, a gente tem que estar "a fim de"...Gostei de saber das dúvidas, inseguranças, porque pensei "Puxa, não sou só eu!",hehe!

beijos borboléticos

EU SOU NEGUINHA disse...

Lendo você,olho pra minha estória e todos os meus medos e receios que senti ao me assumir Masoca..tive todos os 100000 de medos que possa imaginar.Contei com amigos, com a (Dorei) a qual segui fielmente seus escritos para entender toda esta transformação e claro,com meu Dono que me foi tirando os medos que existiam e fazendo eu entender que tudo isso já estava aqui,era deixar aflorar porem da maneira correta.E aconteceu,e hj me sinto muito mais plena é feliz..A mesma felicidade que vi entre vcs tres..Então..que venha mais felicidade...
Beijos da {Nega}_(V) e abraço do Dono

LadySiri disse...

Loirinha, Loirinha...você é realmente uma mulher de muita sorte! Quer saber, o seu Mansinho é macho pra caraio! E te ama de verdade!
Lendo seu post foi inevitável lembrar da música "A maçã" de Raul Seixas, que traduz perfeitamente sua história. Parabéns a esse trio que me conquistou profundamente.
http://letras.terra.com.br/raul-seixas/48293/
Beijo carinhoso.

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Clap, clap, clap! Aplausos de pé! Bárbara a explicação toda dos "como" e "porques" da coisa, mas a finalização foi fantástica!
É, amiga, o que muitos chamam de corno é, na verdade, um grande comedor! Eles sentem real prazer em nos dividir e isso apimenta pra caralho (literalmente rs) nossa relação! Sou, sim, a vadia do Clau e ele é meu corno. Mas eu também sou a corninha dele, porque dou a ele vários "presentinhos": mulheres por quem ele tem tesão e que farão também parte de nossa cama quando forem embora.
Sei o quanto é difícil para muitos entender esse tipo de relação; os medos que você tão bem narrou e que sentiu na pele são os medos me muitos(as). Mas só digo o seguinte: nada melhor que não precisar fingir que não sente tesão por outra(o) porque sabe-se que se contarmos, teremos o maior apoio e incentivo! Ui! Bão demaios da conta isso, sô!!! rsrsrs
Minha linda, perfeito o seu texto! Tanto que já usei sua linha como ponto de partida para o meu! Inveja é uma merda, viu! kkkkkkkkkkkkkk
Beijos para os três, pessoas bem resolvidas e admiráveis, que eu tenho o privilégio de ter como amigos!!!

Linda Fênix disse...

Post perfeito, linda!
Com certeza matou a curiosidade de muitos que gostariam de saber como tudo começou.
Ainda lembro do teu post sobre como era o relacionamento a 3... e vou te dizer, assim como te falei naquele post, nunca me perguntei como tudo começou. É engraçado como tudo parece normal e nem penso nos porquês e os comos! Acho que fui feita para esse mundo mesmo... kkkkkkkkk
Uma vez falei para a Borboletinha que apenas os escolhidos encontram sua alma gêmea (ou no teu caso as almas hahahha) e conseguem viver em harmonia com os desejos e o amor... E vocês se encontraram.

Tribeijos em vocês, meus queridos.

Casal do Arrocha disse...

Post perfeito!
Não canso de ler o seu blog. Me identifiquei muito com vcs!
Grande beijo...

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Loirinha Milll...

Concordo com a Aldrey lindinha, conforme vamos vivendo, vamos amadurecendo, nossas mentes mudam...

Adorei o post, saber que teve dúvidas, é algo que as pessoas tem que te ler; para entender como tudo iniciou!


Beijos doces carinhosos triplos!


Ayesk@

Casada disse...

Era de um "post" assim que eu estava precisando. Ao tentar acessar o blog percebí que preciso de um login e uma senha. Meu e-mail: marianazetine@gmail.com bjs...

{Mansinho}_da Loirinha disse...

AGRADECENDO em nome de Nostra Loirinha linda Casada.... é muito gostoso ler e ouvir quando uma pessoa se identifica "conosco"... nosso Blog ficará fechado por tempo indeterminado, explico no post http://diariodebordoeopinioes.blogspot.com.br/2012/05/um-conto-de-ogro-por-mansinho.html os motivos.... não estamos atualizando ele, ele está parado lá.... mesmo respondendo aqui vou te mandar um email falando sobre...

Beijos Triplos e MUITO obrigado pelo carinho de todos.... inté....

Anjo do Amor disse...

Olá meu nome é Karlos Eduardo e é um imenso prazer!!!
Cor de pele: moreno claro (pardo)
Cor dos olhos: castanhos claros
Cabelo: curto,castanho claro
Altura: 1,73
Tipo físico: atlético
Boca média,lábios grossos,mãos grandes e dote a descobrir por você mesma.
Sou acompanhante de mulheres casadas,solteiras,viúvas,titias,namorando e das curiosas;mas não sou como a maioria dos acompanhantes não,como por exemplo aqueles que parecem robôs(máquinas),se encontram com a mulher faz o que foi pago pra fazer pega seu dinheiro e vaza.....Não,não sou...Eu gosto que a mulher se sinta amada,feliz,apaixonada;minha atenção será toda sua,meus carinhos,palavras de carinhos,elogios e além de tudo isso eu te darei muito mas muito prazer...Ultimamente os maridos (namorados,amantes etc...)de hoje em dia eles só ligam para futebol,amigos,bebidas e farra,esquecem que o que há de melhor estar ao seu lado sua mulher,sua namorada,sua amiga sua amante...Por isto trago meus serviços a você,quero que se sinta amada que tudo que você não tem com ele eu tentarei te dar,tudo que ele não tem coragem de fazer com você ,eu farei,tudo que ele deixou de te dar eu lhe darei,o sigilo e total ,atendo em todos os locais:casa,mothel,carro,xácaras,hotel casa da amiga etc...eu estarei ai pra ser seu,pra te dar tudo que você merece,pra realizar todas suas fantasias,pra fazer você se sentir uma rainha...não se preocupe com nome eu prometo sigilo total,você deve estar se perguntando;mas se for longe eu vou fazer dentro dos meus limites para atende-la não importa cidade,estado região eu vou fazer o possível e o impossível pra você que merece minha linda.não precisa ter medo,nem cisma isto aqui não é nem um tipo de golpe vou deixar meu email talvez você só goste de ver homens pelados pela web,ou você queira mesmo é só ouvir palavras de amor,elogios de conforto ou talvez esteja curiosa pode add também ou você esteja com um pé atrás eu estarei La pra falar como fuciona e esclarecer todas as suas dúvidas sem problema algum ok!!!!
Só atendo mulheres,e homens que gostam de ser cornos aqueles que deixam suas mulheres transarem com outros homens eu posso atender sua mulher e fazer um vídeo com vocês no mesmo local comigo não rola,mulheres que querem um amante também estou aqui,e os demais me add e vamos nos fala por MSN ok!
Email(MSN):kaduferreira12@hotmail.com
Facebook: http://www.facebook.com/karlos.eduardo.9883
Espero que meu perfil lhe agrade gata….

Ricardo Mauro disse...

>>> Eu sou de Brasília-DF sou comedor de esposinhas. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles. Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar o corno limpar tudinho. Tenho 34 anos, qualquer casal que curta entre em contato comigo. ricardaodf@hotmail.com ou (61) 9100-8848.

>>> O melhor horário para falar comigo é de Seg. a Sex. das 08hs as 18hs, pois nesse horário estou no trabalho e minha esposa não sabe que meto em bucetas casadas.

>> OBS.: Favor não fiquem mandando mensagens para o meu celular, se quiserem me liguem pois sou comedor de esposinhas e não mensageiro. Curto real sou comedor nato.

weliton barbosa barbosa disse...

eu sou um comedor tenho 28 anos 1.90 de altura 95kg bem definido , moreno educado, e curto manege masculina se vc que ser um corno de verdade entre em contato comigo: welitonbarbosapg@gmail.com

MARCIOITA SA disse...

Loirinha deixa eu entrar no seu blog...foi ótima a história. .marciosaita@yahoo.com.br