terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Um Sol de Arrepiar...


      Deitada em sua espreguiçadeira, no terraço de sua casa, estava ela... Um micro biquíni, para deixar aquela marquinha enlouquecedora, o fone nos ouvidos e uma bela paisagem a sua frente.
      Passou protetor em seu corpo, como quem se faz um carinho: Suavemente e bem devagar...
      Tocar-se assim, mexia com sua libido... Era quase uma carícia, porque não dizer, o início de uma masturbação... O sol, o creme, o vento e um tempo, para ficar consigo mesma, era algo que ela adorava fazer, com ou sem companhia...
      Olhando distraída para a mata, que havia atrás de sua casa, observou vultos. Tirou o fone, verificou vozes...
      Ninguém morava ali, mas era um local onde pessoas transitavam, por diversos motivos...
      Não deu importância, isso sempre acontecia...
      Colocou novamente os fones e fechou os olhos para relaxar...
      De repente, algo tocou sua coxa... Levantou-se e eis que a seu lado, estava um moço.
      -O que estás fazendo aqui, rapaz???
      -Eu estava com os guris, te espiando e eles apostaram que nenhum de nós, teria coragem de vir aqui... Olha ali, por detrás das árvores...

      Os rapazes estavam nus, com suas mãos em suas genitálias, espiando e se tocando...
      O bando todo, era de adolescentes recém chegando a maioridade. Quer dizer, eram apenas três e não era um bando, já que não eram pássaros, nem marginais... rs
       O mais velho, que estava ali com ela, era o mais encorpado e o mais esperto. Ela os conhecia, mas, só de vê-los na rua, no supermercado, etc.  Eram vizinhos, filhos de suas amigas... E nada disso tinha importância agora. Era apenas, uma constatação...
       Ela não pensou duas vezes... Aliás, nem conseguia pensar, vendo aquele corpo lindo, sem camisa e  sem pelos, a seu lado... Puxou a parte de cima do biquíni, colocou seus seios à mostra... Pegou o garoto pela mão e colocou-o para mamar...
       Tocou seu membro, por sob a roupa e sentiu-o rijo... Alisou-o, com carinho e devassidão... Se é que assim se possa fazer... rs Baixou sua bermuda e apreciou a natureza divina do moço...
        Ela estava excitadíssima... Os outros meninos que espionavam da mata, estavam a gozar...
        Tirou a parte de baixo do biquíni e levou a cabeça dele até lá...
        -Você já fez isso???
        -Sei fazer muito bem...
        -Então faça, meu lindo... Faça tudo que você sabe...
        Ele passou a língua, lambeu, sugou... E quando ela já estava quase se entregando à volúpia, ele enfiou seus dedos, na vagina dela e junto, sugou aquilo que realmente, deveria sugar...
         Foi o ápice... Foi o que foi... Foi o delírio e o deleite... Foi puro tesão...
        A habilidade do moço e a entrega dela, se entenderam...
        Ela se contorceu, gemeu e por segundos, saiu de seu corpo, do terraço, do sol, da órbita... Saiu de si...
         E, na boca do garoto, gozou...
         Não foi somente o céu e o sol, que testemunharam... Meninos extasiados, lançaram seus líquidos ao vento e suas forças, ao chão, após apreciarem o ato...
         Já restabelecida, pediu ao menino que ficasse em pé, a sua frente... Tocou seu mastro e pô-se a chupá-lo...
          Nenhuma juventude, nenhuma experiência, seria capaz de segurar por muito tempo, a vontade de se entregar aquela boca, aquela língua... Ao prazer...
          Ao sentir o gozo do menino chegando, ela tirou o membro de sua boca, masturbou-o...
          Deixou o líquido quente e abundante, escorrer sobre seus peitos fartos e sedentos...
          Bronzeada, não... Relaxada, sim!!!...
       
     

12 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Entrei prá dentro,.... do conto, é claro! Literalmente vi-me menino a expiar, sonhar, devanear e desejar. Senti-me o privilegiado e atrevido garoto in_correto,...rsrs
Agora, te ler,... Te ler é uma descoberta para mim. Um achado. Ter você a bordo é algo sublime e eu sei que vai ser sempre ótimo voltar a ser guri, lendo teus escritos JK7. Bons ventos para nós guria.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

A sexualidade na juventude tem outro tom, um vontade desenfreada como se fosse a ultima vez, quando na verdade só está começando. Meninos... desejos de menino... Muito excitante, JK. Ficou muito sensual, adorei!

Beijos!

Jéssika disse...

É incrível como vc consegue passar com muita clareza e sutilidade e fazer com que a gente visualize todos os momentos nesse conto Jane! Parabéns mais uma vez!! Ameyyyy

@jessikajack

Aninha disse...

Ui que delícia! Contos assim me fazem ficar muito excitada e cheia de ideias. Parabéns jane. Bjos. Ana Eulália.

SexyButterfly disse...

Delicioso conto!
Com certeza a moça não será esquecida tão cedo pelos garotos...rss

Beijos borboléticos!

LadySiri disse...

Ô conto delicioso! A moça não perdeu a oportunidade de se lambuzar de juventude, virilidade e ainda fazer a alegria da rapaziada, rs...que delícia.
Quando te chamei para participar dessa Nau amiga, tinha certeza que iria nos proporcionar momentos deliciosos com teus escritos! E estava certa...Força total.

Beijokas.

Linda Fênix disse...

O sonho de todo adolescente! rs
Uma reunião deliciosa: sol, juventude, tesão, exibicionismo, gozo...
Aff, calor por aqui, ou sou eu...? rsrsrsrs

Excitante esse conto JK, parabéns ;)

Beijos...

Mr. Scarecrow disse...

O espírito adolescente aqui entrou em ebulição lendo as tuas palavras... e me vi dentro da estória, senti cada momento... fantástico... parabéns pelo conto...

bjs

Sr. E

EU SOU NEGUINHA disse...

Delicia de conto...
Bjk

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Menina, o que foi isso??? Narrou o meu sonho de consumo!! rsrsrs
Delícia total! À cada palavra o tesão sobe, a boca baba, o sexo molha...
Adorei, mulher!!!
Beijos!!!

FlorDoDia disse...

Jk estou ak com um calor...rs eu como sou uma VOYER... muito muito boa!
É um prazer te ler! bjos

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Tesão Puro!!!
Arrepiou...rsrs


Beijos doces e um mega domingo!


Ayesk@