sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Na imensidão. (por LadySiri)



Apesar da imensidão da floresta,

o aroma familiar os atrai sorrateiramente.

O reconhecido cheiro de presa e predador traz à tona os desejos mais ardentes.

Lentamente os instintos vão dominando o pensamento,

Tirando-lhe a concentração, fazendo-a se perder em devaneios




O som daquela voz pausada ecoa em sua mente

Ela foi deixando se levar pelo gingado dele que ficava ainda mais intenso ao som sedutor da guitarra de Jeff Beck  (Dê o play e vem comigo)


A lembrança viva daquele jeito de falar, a entonação e o sotaque peculiar e sensual

Fazem-na estremecer

Ah, como ela queria ouvir aquela voz em seu ouvido

Sentindo, em cada balbucio, o calor da respiração dele em seu pescoço.

A alma torpe.

O corpo sendo invadido por lentas ondas mornas, feito o mar num fim de tarde de verão.

A pequena boca de lábios carnudos profere palavras rudes, obscenidades,

Que se transformam em poesia erótica

Recitadas num ritmo suave e lento ao mesmo tempo firme e imperioso.

A imagem daquele rosto másculo, impassível, de quem sabe exatamente o que quer

Como o Lobo que observa sua presa, sem pressa, meticuloso
Conduzindo passo a passo sua caçada,

Ele brinca com seus sentidos, torturando-a de desejo.

Ela arde no fogo brando que ele alimenta devagar.

Intumescida e inundada pela seiva da vida

Seu corpo se apodera do seu ser, ela já não pensa

Está totalmente entregue aos domínios daquela voz

Que resoluta e ousadamente lhe ordena toques de carinhos íntimos

E ela obedece sôfrega, aos seus comandos.

Sente-se possuída pelo instinto daquele animal

Que avança calmo e decidido.

Perito em sua arte, está seguro,

pois sabe que já a capturou em sua boca sedenta.
Ele só quer degustar o prazer da fêmea

Se deleita ao vê-la entregue aos seus caprichos

O som levemente agudo e rouco dos gemidos dela, suplicam pela satisfação,

atiçando ainda mais a sua fome animal e feroz.

Ele quer vê-la em meio ao desespero cego do desejo, gritar, implorar pelo golpe final.

Observa com seu olhar sacana aquele corpo de mulher tomado pelos espasmos de prazer intenso.

E nesse mesmo instante, é ele também abatido pelo próprio desejo.

Ela está extasiada em suas próprias lembranças.

Abre seus olhos lentamente, ainda ofegante, levanta-se para se recompor.

Segura-se no espaldar da cadeira para garantir que suas pernas ainda trêmulas não a deixe cair enquanto se veste.

Então, satisfeita ela volta aos seus afazeres.











Que venha 2012! Um novo ano, novas oportunidades! 
Mais uma vez temos a chance de iniciar, fazer, recomeçar, refazer, rever, 
enfim, viver este novo momento! 
Que o tempo sagrado que nos espera seja vivido com sapiência, fruto de escolhas mais acertadas, decorrência de nossas experiências. 
Afinal, o tempo passado não nos traz somente perdas! 
Que sejamos mais generosos com a gente mesmo, menos exigentes ou críticos com nossas limitações, e que assim,  possamos caminhar com mais leveza! 
Queridos amigos, Feliz Ano Novo!


7 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Viajar com vc, através de seus escritos não é difícil, muito pelo contrário, é algo extremamente prazeroso,...



Feliz Ano Novo e todos os sonhos e realizações concernentes à ele Lady.
Beijo do IN_

Eros disse...

que promessas passem a ser realizações Feliz 2012 Delicia Muita sorte e sucessos para nos

SexyButterfly disse...

Viajei nas suas palavras... e nos acordes do Jeff Beck!
Delicioso texto!!! Maravilhoso som!!!

beijos borboléticos!

Linda Fênix disse...

DELÍCIA Lady!!!!

Seguir teus devaneios ao som da guitarra de Jedd deixou tudo muuuuito mais sensual...

Um ano lindo para ti e que aquele teu desejo mais secreto se realize...

Beijo carinhoso em ti.

~^~ Lena Lopez ~^~ disse...

Nada melhor do que se extasiar na nossa própria lembrança! Deixar o momento fluir e a emoção do que já passou tomar o lugar nos pensamentos!
BJOS
Lena

DESIRE disse...

Hummmmmmmmmm adorei!
Beijos prometidos

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

My Lady, essas histórias de Lobos "maus" eróticos são uma verdadeira delícia e destes um toque de sensualidade extra a tua versão particular, a propósito, eu não poderia deixar de comentar; a moça amarrada está deliciosa!

Feliz Amo Novo para voce, querida Lady!
Beijos!